Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Paulo Neto Não Prova Denúncia e Relembra Caso Bertin

www.alexandre-pinheiro.blogspot.com
Até agora o deputado Paulo Neto (foto), não conseguiu provar a acusação de que diretores e atletas do Chapadinha Futebol Clube receberam 50 mil reais para entregar o jogo em Viana.

Depois de afirmar ao jornalista Décio Sá (O Estado do Maranhão) que apresentaria prova do suposto suborno em discurso na Assembleia, Paulo Neto recuou e declarou que em momento algum acusou Danúbia de participação no caso. “Eu não tenho prova. Esse foi o noticiário de quando o time chegou na cidade. É o povo todo de Chapadinha quem diz que houve o pagamento de R$ 50 mil", disse o parlamentar.

Em Chapadinha a informação dos R$ 50 mil causou surpresa uma vez que nenhum setor da imprensa – mesmo a que faz oposição ao grupo de Magno e Danúbia – levantou a questão.

Além do descrédito de fazer uma denúncia sem sustentar o que disse ou apresentar provas, Paulo Neto antecipou um tema extremamente delicado para ele e sua família: a morte do prefeito Bertin (foto), do município de Presidente Vargas - a esquerda da foto, ao lado do ex-governador Jackson Lago, enquanto Paulo aparece entre José Reinaldo (ex-governador) e Julião Amim (deputado federal).

Como a encrenca da Segunda Divisão do Maranhense acabou chamando atenção do mundo pela atipicidade do placar de 11 a 0 e pelo emaranhado de acusação de armações, manobras e conchavos futebolísticos, imaginem se a imprensa nacional descobrir que na mesma região do pitoresco futebol, um prefeito foi abatido sem que as autoridades consigam encontrar os culpados depois de quase três anos.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog