Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

Landry Móveis

Landry Móveis

Armazém Paraíba

Armazém Paraíba

sábado, 30 de maio de 2020

CHAPADINHA | Covid-19: Boletim Registra 70 Novos Casos; 499 Recuperados; e 1031 Diagnósticos Totais

Nenhuma descrição de foto disponível.
Confirmados ultrapassa os mil

Chapadinha (MA) - Sábado, 30.Maio.2020

Secom

O boletim da Vigilância Epidemiológica contabilizou neste sábado (30/Maio), 1031 (um mil e trinta e um) diagnósticos positivos de covid-19, são 70 (setenta) novos casos em 24 horas e o número de curados ou recuperados aumentou para 499 (quatrocentos e noventa e nove) em Chapadinha.


São 516 (quinhentos e dezesseis) ativos e 499 (quatrocentos e noventa e nove) considerados curados ou recuperados. Os casos suspeitos são 987 (novecentos e oitenta e sete) e 583 (quinhentos e oitenta e três) foram descartados.

O registro de óbitos temos mantidos os 16 (dezesseis) confirmados e 02 (dois) óbitos suspeitos de Covid-19 foram registrados.


Sobre os dados de evolução clínica o boletim traz 12 (doze) pessoas assistidas pelo sistema hospitalar: 06 (seis) confirmados e 05 (cinco) suspeitos internados em leito clínico de isolamento na UPA e 01 (um) paciente para São Luís.


Publicidade


Mães Menores de Idade Podem Pedir 'Auxílio Emergencial' a Partir Deste Sábado (30/Maio)

Novidade consta de nova versão de aplicativo lançada pela Caixa

Chapadinha (MA) - Sábado, 30.Maio.2020


A partir deste sábado (30/Maio), as mães com menos de 18 anos podem pedir o 'auxílio emergencial' de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras). A novidade está disponível na 16ª versão do aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, que está sendo liberada hoje pela Caixa Econômica Federal.

Incluída pelo Congresso durante a tramitação da medida provisória que instituiu o benefício, a extensão do auxílio emergencial para mães menores de idade havia sido sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no último dia 15. O cadastro no auxílio emergencial pode ser pedido até 3 de junho.

A vice-presidente de Tecnologia da Caixa, Tatiana Thomé, explicou como funcionará a novidade em entrevista coletiva hoje à tarde. A mãe menor de idade precisa cadastrar pelo menos dois membros da família (ela própria mais um filho, no mínimo). Caso a adolescente pertença a uma família maior, com algum membro que tenha se cadastrado no auxílio emergencial, precisará fazer o cadastro compatível com o do outro membro da família.

Publicidade

Mães grávidas não poderão fazer o cadastro porque o aplicativo pedirá o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do filho. O processo se dará de forma igual ao dos demais cadastramentos. Ao entrar no aplicativo, a mãe digitará nome completo, número do CPF, nome da mãe e data de nascimento, conforme constam nos cadastros da Receita Federal. O aplicativo oferece a opção “mãe desconhecida”, caso a requerente não conheça a mãe.

Finalizado o cadastro, os dados serão enviados à Dataprev, empresa estatal de tecnologia, que comparará as informações prestadas com as 17 bases de dados disponíveis para ver se o requerente cumpre as condições da lei para receber o auxílio emergencial. A usuária poderá acompanhar, no próprio aplicativo, se o benefício foi aprovado, negado ou se o cadastro foi considerado inconclusivo (quando as informações prestadas não conferem com os bancos de dados do governo).

Matéria Relacionada (Leia também!):



Publicidade


MA: Saiba o que Pode Funcionar a Partir de 1º de Junho e quais são as Regras Sanitárias Obrigatórias

Fiscalização continuará sendo feita / Foto: Divulgação

Chapadinha (MA) - Sábado, 30.Maio.2020

Portaria publicada na última sexta-feira (29/Maio) pela Casa Civil do Governo do Maranhão especificou os segmentos e atividades econômicas na lista dos estabelecimentos autorizados a funcionar no Estado a partir de 1º de junho. A medida faz parte da retomada gradual da economia, impactada pela pandemia de coronavírus.

Além disso, a portaria traz regras sanitárias gerais e específicas. Ou seja, os estabelecimentos comerciais, as indústrias e as empresas que estiverem autorizadas a funcionar no Maranhão terão de seguir dois tipos de medidas sanitárias para evitar a disseminação do coronavírus: as gerais e as específicas.

As regras gerais valem para todos, independentemente do tipo de atividade. As específicas valem para cada segmento, de acordo com o tipo de atividade que exercem.

O que pode funcionar

Entre as atividades que podem funcionar a partir de 1º de junho, estão clínicas médicas; dentistas; hotéis e pousadas; transporte coletivo; óticas; autoescolas; construção civil; salões de beleza ; comércio de móveis e variedades para o lar; supermercados e mercados; e serviços de informática e venda de celulares.

Também podem funcionar delivery e drive-thru de restaurante, bar e lanchonete; imobiliárias e escritórios; pequenas empresas exclusivamente familiares; postos de combustível e entrega e retirada de lavanderia; lojas de tecido, oficinas e loja de material de construção; bancos e coleta de lixo.

A lista completa das atividades pode ser vista em corona.ma.gov.br ou diretamente no link da portaria, na página 43: https://www.corona.ma.gov.br/public/uploads/arquivos/atos/375ed135749291a.pdf. A lista também pode ser vista no fim desta reportagem.

O que não pode funcionar

Entre os segmentos que continuam vetados, estão academias, shopping centers, cinemas, teatros, bares e casas noturnas; restaurantes, bares e lanchonetes (com exceção de delivery e drive thru).

Também permanecem suspensas as visitas a pacientes suspeitos ou confirmados com coronavírus.

Fiscalização continuará sendo feita / Foto: Divulgação

Depois do dia 15

A depender da evolução da pandemia, a partir do dia 15 de junho poderão funcionar demais lojas de ruas (como sapatarias e lojas de roupas) e lojas em shopping centers, com exceção de praças de alimentação, cinemas, áreas infantis, restaurantes e a realização de eventos.

A partir do dia 22, também dependendo da evolução da doença, poderão funcionar academias. A partir do dia 29, bares, restaurantes e praças de alimentação em shoppings.

Regras sanitárias gerais

As medidas sanitárias gerais a partir de 1º de junho incluem aquelas que já são obrigatórias no Estado: uso de máscaras em locais públicos e privados de uso coletivo; proibição de aglomeração; oferecimento de água e sabão ou álcool em gel aos clientes e funcionários; e distanciamento social de pelo menos dois metros entre trabalhadores e entre usuários/clientes.

Para fazer valer a proibição de aglomerações, continuam vetados eventos como shows, congressos, reuniões, plenárias, passeatas, desfiles, torneios, jogos, apresentações teatrais, sessões de cinema, festas em casas noturnas e similares.

Além disso, é preciso manter os ambientes arejados e intensificar a limpeza das superfícies.

Deverão ser afixados cartazes dizendo que a empresa segue os protocolos obrigatórios e outras normas (serão citadas nesta reportagem, mais abaixo). A portaria traz os modelos dos cartazes, que também podem ser vistos e baixados em seinc.ma.gov.br/ ou corona.ma.gov.br/.

Funcionários e clientes

As empresas autorizadas a funcionar devem adotar, sempre que possível, trabalho remoto (a distância). Quando não for possível, a alternativa é fazer rodízio de funcionários ou jornadas.

Deve haver distância mínima de dois metros entre os clientes e os funcionários. E também deve haver distância de dois metros entre os clientes. Num supermercado, por exemplo, a fila deve garantir essa distância.

Se for necessário fazer reuniões de trabalho, elas deverão ser virtuais (pela internet). Havendo impossibilidade de cancelamento de reuniões, é preciso limitar o número de participantes.

Outra medida é manter um vazio entre as pessoas nos refeitórios, para cumprir o distanciamento de dois metros. Não pode ser servido self service; e sim porções individuais.

Lotação

Só pode haver o máximo de uma pessoa (cliente ou trabalhador) para cada quatro metros quadrados. Por exemplo: um estabelecimento de 40 metros quadrados pode ter no máximo, ao mesmo tempo, 10 pessoas dentro dele.

Cartazes visíveis devem indicar ao público em geral essa lotação máxima.

A lotação de elevadores deve ser reduzida a um terço da capacidade.

Limpeza

O álcool em gel ou água e sabão devem estar disponíveis na entrada do estabelecimento. Todos precisam usar antes de entrar. Superfícies como balcões, maçanetas, telefones e janelas devem ser higienizadas a cada duas horas.

As empresas devem fornecer máscaras (descartáveis ou de tecidos) ou, se as normas da atividade exigirem, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e uniformes.

A empresa deverá afixar em local visível nos seus banheiros cartaz com controle de higienização dos mesmos.

É preciso manter o ambiente arejado, com portas e janelas abertas sempre que possível. Se for necessário usar ar-condicionado, é preciso limpar semanalmente os filtros e mensalmente os demais componentes. Deve ser afixado cartaz com controle de higienização dos aparelhos.

Está suspenso o uso de bebedouros de jato inclinado diretamente na boca.

Os veículos da empresas devem ser higienizados antes de cada viagem e funcionar com metade da capacidade.

Grupos de maior risco

Os profissionais que forem de grupos de maior risco devem ser dispensados das atividades presenciais enquanto durar a epidemia. Eles podem, entretanto, trabalhar remotamente.

Caso o trabalhador comprove residência com pessoa pertencente ao grupo de maior risco, a empresa deverá priorizar o seu afastamento para regime de trabalho a distância, se for possível.

Os integrantes do grupo de risco são: pessoas com idade igual ou superior a 60 anos; pneumopatias graves ou descompensados (em uso de oxigênio domiciliar; asma moderada/grave, doença pulmonar obstrutiva crônica – DPOC); cardiopatias graves ou descompensados (insuficiência cardíaca, cardiopata isquêmica, arritmias); imunodepressão; doenças renais crônicas em estágio avançado (graus 3, 4 e 5); diabetes mellitus; obesidade mórbida (IMC maior ou igual a 40); doenças cromossômicas com estado de fragilidade imunológica (ex.: Síndrome de Down); gestantes.

Casos confirmados ou suspeitos

A empresa deverá solicitar que todos os trabalhadores, se possível, instalem o aplicativo Monitora Covid-19, do Consórcio Nordeste, que se encontra disponível para Apple e Android.

É preciso providenciar e garantir o imediato afastamento para isolamento domiciliar por 14 dias dos profissionais que apresentem sintomas da síndrome gripal; estejam confirmados com Covid-19; ou comprovem residência com caso confirmado de coronavírus.

Publicidade

Fiscalização

Os estabelecimentos também devem deixar claro para os clientes que é preciso usar máscaras e higienizar as mãos.

O descumprimento das normas sanitárias gerais pode gerar sanções administrativas e encaminhamento ao Ministério Público para que sejam feitas as devidas responsabilizações penais, civis e trabalhistas.

Qualquer cidadão pode fazer denúncias, de preferência com fotos ou vídeos, pelo WhatsApp da Vigilância Sanitária: (98) 99162-8274, (98) 98356-0374 e (98) 99970-0608.

Regras sanitárias específicas

As normas sanitárias especificas para dez segmentos autorizados a funcionar a partir de 1º de junho também estão na Portaria 34 da Casa Civil, a partir da página 17.

Elas valem para minimercados, supermercados e hipermercados; construção civil; cabeleireiros e atividades de tratamento de beleza; clínicas médicas; segmento odontológico; hotéis, pousadas e congêneres; óticas; bancos; transporte coletivo e autoescolas.

Supermercados

Continua valendo a regra de que supermercados, mercados, quitandas e similares só podem funcionar com metade da capacidade física; apenas uma pessoa por família pode, ao mesmo tempo, ingressar no estabelecimento.

Transporte público

Nos ônibus e nas vans, deve haver reforço na limpeza e na higienização. Somente podem ser transportados passageiros com máscaras. Isso também vale para os fretados.

Horários dos estabelecimentos

Para evitar aglomeração nos transportes públicos, cada segmento precisa adotar um horário diferente de início das atividades. Fica assim:

Começam entre 5 e 7 horas: postos de combustíveis e panificadoras

Começam entre 6 e 8 horas: supermercados; área de saúde; indústrias alimentícias; indústrias farmacêuticas; e construção civil

Começam entre 7 e 9 horas: agências loterias; vigilantes, zeladores e porteiros; farmácias e drogarias; oficinas mecânicas e borracharias; lojas de produtos agropecuários e veterinários; hospitais e clínicas veterinárias; e agências lotéricas

Começam entre 9 e 11 horas: bancos; salões de beleza; lojas de veículos; e comércios de rua que estejam autorizados a funcionar.

Prefeitos

Os prefeitos poderão, diante da situação de cada município, editar regras mais rígidas do que as estabelecidas pelo Governo do Estado. Entre as medidas possíveis, está até mesmo o lockdown (bloqueio das atividades) no município. Os prefeitos também podem adotar barreiras sanitárias nos acessos de cada município.

Órgãos públicos

A partir de 1º de junho, também está autorizada a retomada gradual do funcionamento dos órgãos e entidades do Governo do Maranhão. Essa regra vale para o Poder Executivo estadual e não abrange o Judiciário ou o Legislativo.

Vale a mesma regra para todos: o uso de máscara é obrigatório, deve haver revezamento entre os funcionários e distância mínima de dois metros entre eles.

O atendimento presencial ao público externo continua suspenso até o dia 7 de junho. No dia 8, está prevista a volta gradual do atendimento presencial. Até lá, os canais de atendimento são telefone e internet.

Atividades permitidas a partir de 1 de junho

– Atividades agrossilvipastoris e agroindustriais;
– Hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, padarias, quitandas, centros de abastecimento de alimentos e mercados públicos, lojas de conveniência, de água mineral e de alimentos para animais;
– Bancos, casas lotéricas e atividades de seguros;
– Construção civil e lojas para o fornecimento exclusivo de materiais de construção;
– Indústrias
– Serviços de manutenção de energia elétrica, tratamento de água e esgotamento sanitário;
– Serviços da atenção básica de saúde, urgências e emergências;
– Clínicas médicas, odontológicas e de exames da rede privada;
– Serviços de telecomunicação;
– Comunicação e imprensa;
– Serviços de transporte;
– Serviço de correios;
– Serviços de contabilidade e advocacia;
– Farmácias e drogarias;
–Fabricação, montagem e distribuição de materiais clínicos e hospitalares;
– Produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;
– Distribuidoras de gás;
– Oficinas mecânicas, borracharias e lojas de vendas de peças;
– Restaurantes em pontos ou postos de paradas nas rodovias;
– Serviços relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados, tais como gestão, desenvolvimento, suporte e manutenção de hardware, software, hospedagem e conectividade;
– Serviços funerários e relacionados;
– Serviços educacionais por meio remoto;
– Bares e restaurantes para serviços de venda remota, podendo o produto ser retirado no estabelecimento, mas vedado o consumo no local;
– Serviços de desinsetização;
– Serviços laboratoriais das áreas da saúde;
– Serviços de engenharia;
– Comércio de móveis e variedades para o lar (exceto situados em shoppings e galerias fechadas), livros, papelaria, discos, revistas e floricultura;
– Serviços de fisioterapia, com atendimentos individualizados e com hora marcada;
– Serviços de informática e venda de celulares e eletrônicos;
– Serviços de Administração de imóveis e locações;
– Comércio de óculos em geral;
– Serviços administrativos e de escritório;
– Serviços de formação de condutores;
– Demais serviços prestados por profissionais liberais;
– Hotéis e similares;
– Salões de beleza, cabeleireiro e barbearia.



Publicidade


BARRA DO CORDA | Presidente da Câmara se Reúne com GCM's e Agentes de Trânsito para Tratar PL que Incorpora as Categorias


Chapadinha (MA) - Sábado, 30.Maio.2020

O presidente da Câmara Municipal de Barra do Corda, vereador Gil Lopes (PCdoB) esteve reunido na última sexta-feira (29) com representantes da Guarda Civil Municipal (GCM) e dos Agentes de Trânsito, para tratar do Projeto de Lei (PL) do poder executivo que incorpora as categorias.


De acordo com presidente, o projeto de lei já se encontra na Casa para apreciação  de pauta na próxima sessão a ser realizada na próxima terça-feira (02/junho). Ainda segundo ele, dos onze Agentes de Trânsito existentes naquele município, nove se manifestaram a favor e dois contrários; quanto a Guarda Municipal todos foram favoráveis.


"Na sessão da próxima terça-feira (02/junho) estaremos colocando o projeto em pauta para votação. Essa é uma reivindicação antiga da categoria e que deve resultar em melhores serviços prestados à nossa população." - ressaltou o parlamentar.



Ao final do encontro de consonância, o representante da GCM, Francimar Moreira enfatizou que toda a corporação está de comum acordo e solicita aos demais vereadores empenho na aprovação deste referido projeto, que segundo ele, irá beneficiar muito mais toda a população de Barra do Corda.


Confira o vídeo que registrou a reunião - Clique aqui.


Publicidade


sexta-feira, 29 de maio de 2020

ANAPURUS | Prefeitura Adquire Novos Aparelhos para Acompanhamento do Tratamento e Recuperação de Pacientes

Foto real dos aparelhos adquiridos pela Prefeitura

Chapadinha (MA) - Sexta-Feira, 29.Maio.2020


A prefeitura de Anapurus - por meio da Secretaria Municipal de Saúde não tem medido esforços para manter os devidos cuidados com a população anapuruenses e realizou a aquisição de novos aparelhos para auxiliar no acompanhamento do tratamento e recuperação dos pacientes acometidos pela pandemia Covid-19.

Foram adquiridos monitor cardíaco multiparamétrico, bomba de infusão e aparelho eletrocardiograma. Os usuários realizarão os exames na Unidade Básica de Saúde conforme indicação médica.

Estamos diante de uma pandemia - que diga-se de passagem, tem atingido um grande número da população mundial -, e uma das diversas maneiras para reduzir esse número gritante é por meio de tecnologias avançadas que chegam no âmbito dos equipamentos eletromédicos. Ameniza nossa preocupação saber que inúmeros aparelhos foram desenvolvidos para solucionar esses tipos de recorrências, já há bastante tempo até os dias de hoje.

Prefeitura disponibiliza o DiskCovid

Dentre esses equipamentos adquiridos pela prefeitura de Anapurus, há aquele bastante usado por médicos e enfermeiros, o Monitor Multiparâmetro, que possui, geralmente, o fundo da tela na cor preta e os parâmetros coloridos para facilitar a visualização. Como o próprio nome já diz, o grande objetivo desse equipamento é apresentar para o médico, em tempo real, as condições do paciente, se ele está estável ou não. Além disso, ele verifica de forma contínua os batimentos cardíacos, podendo o médico atuar de forma antecipada, evitando mortes. O monitor de paciente pode ser configurado em diversos parâmetros.

Monitor cardíaco multiparamétrico
Imagem meramente ilustrativa

O Monitor multiparamétrico é um dos principais equipamentos utilizados pelos profissionais de saúde para acompanhar a evolução dos indicadores de saúde do paciente.

Podemos dizer que, entre os milhares de equipamentos eletromédicos existentes, o monitor multiparâmetro está na lista dos mais importantes dentro do hospital.

Por isso é de suma importância que ele esteja sempre com as manutenções e laudos em dia para que possa dar o melhor suporte à vida daquele paciente e assistência ao médico para seu diagnóstico preciso.

Os monitores podem ser utilizados em setores como triagem, emergências, centros cirúrgicos e leitos de CTI.

Para os monitores mais simples, também chamados cardioscópio ou monitor cardíaco, o único parâmetro a ser monitorado é o ECG - Eletrocardiograma, que acompanham o monitoramento das taquicardias e bradicardias. Normalmente nada mais é monitorado.

Já no monitor multiparamétrico há uma infinidade de recursos e parâmetros que a equipe médica poderá monitorar no paciente, onde inclusive se pode conectar o monitor com prontuários eletrônicos (MV ou TASY) e centrais de monitoração com comunicação bilateral.

Através do eletrocardiograma (ECG), o monitor multiparâmetro de sinais vitais acompanha os batimentos cardíacos do paciente que são captados através do cabo de ECG que é conectado em alguns pontos do peito do paciente.

Eletrocardiograma
Imagem meramente ilustrativa

ECG – Eletrocardiograma

Os usuários realizarão os exames de eletrocardiograma na Unidade Básica de Saúde conforme indicação médica.

O eletrocardiograma é feito com um aparelhinho ligado a eletrodos que avalia o ritmo dos batimentos cardíacos em repouso. É um exame bem simples, usado rotineiramente tanto na triagem dos prontos-socorros quanto em checkups preventivos solicitados pelo cardiologista.

Esta é mais uma grande conquista da Administração Municipal que visa sempre o melhor para a saúde dos munícipes de Anapurus/MA.

O parâmetro eletrocardiograma, ou simplesmente ECG, é uma representação gráfica da atividade elétrica do coração durante o seu funcionamento.

A partir dele é possível calcular a frequência cardíaca, ou seja, a velocidade do ciclo cardíaco que será medida pelo número de contrações do coração por minuto (bpm). 

Com a disposição dos eletrodos no corpo do paciente irá gerar sinais, os quais são denominados como derivações, essas são captadas por um cabo de ECG, que pode ser de 3 ou 5 vias.

Dependendo do tipo de patologia, as derivações possuem alterações diferentes uma das outras, o que permite o médico dar o diagnóstico assertivo.

Bomba de infusão
Imagem meramente ilustrativa

Bomba de infusão é utilizada para a administração de nutrientes e medicamentos.

É um aparelho médico-hospitalar ou veterinário, utilizado para perfundir líquidos tais como fármacos ou nutrientes, com controle de fluxo e volume nas vias venosa, arterial ou esofágica.

A bomba de infusão é indicada para todo o paciente com prescrição de infusão em via parenteral ou enteral, nos casos onde se faz necessária a garantia rigorosa do gotejamento dos medicamentos prescritos.

A bomba infusora é um dos mais práticos recursos habitualmente disponíveis na UTI e/ou Sala de Emergência, e mesmo em algumas ambulâncias modernas. Permite administrar de maneira confiável os fármacos mais delicados de acordo com dosagens de mg/min ou ml/h. Normalmente utilizada em pacientes que precisam controle rigoroso do gotejamento.

*Com contribuição do Blog Arkimeds e Blog Tecnoclin


Publicidade


CHAPADINHA | Prefeitura Anuncia Pagamento de Servidores Efetivos da Educação, Assistência Social, Administração; e IPC


Chapadinha (MA) - Sexta-Feira, 29.Maio.2020

O prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar usou suas redes sociais para anunciar o pagamento dos servidores efetivos e do IPC, referente ao mês de Maio/2020.

Na publicação, o gestor  comunica que os proventos estará, neste sábado (30), nas contas dos servidores públicos efetivos  das seguintes Secretarias:

 Educação;
 Assistência Social;
 Administração; e
 IPC (Aposentados e Pensionistas).

Recorte/print da postagem no Facebook

Em relação as demais secretarias, comunica que a prefeitura  está aguardando realizar os pagamentos conforme os repasses da união.


Publicidade


Governo do MA: Iprev Implanta Sistema Digital de 'Perícias Médicas'


Chapadinha (MA) - Sexta-Feira, 29.Maio.2020

Um sistema online vai dar agilidade às solicitações de servidores públicos estaduais, que precisam passar pelo serviço de Perícias Médicas. O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev) desenvolveu e implantou uma plataforma que permite ao servidor solicitar atendimento às demandas do setor a partir de um computador ou telefone celular conectado à internet. O sistema está disponível no site do Iprev (www.iprev.ma.gov.br).

Por meio da plataforma podem ser solicitados benefícios como licenças médicas, laudo médico em processos de aposentadorias por invalidez, isenção de imposto de renda, entre outras demandas. A solicitação é feita por meio do preenchimento de um formulário com seus dados, e anexando os documentos necessários, em formato .jpg ou .pdf. A lista de documentos necessários em cada caso está disponível na plataforma. 

Após análise da documentação, o servidor será avisado, por e-mail, da data da realização da sua perícia e da lista de documentos adicionais que precisará apresentar na ocasião, como exames e laudos médicos. Antes, era preciso juntar todos os documentos em papel, fazer a solicitação no setor de recursos humanos do órgão estadual em que trabalha e aguardar o encaminhamento do pedido para o Iprev.

O presidente do Iprev, Mayco Pinheiro, explica que a confecção de um sistema exclusivo para as solicitações de Perícias Médicas já estava previsto entre as ações do Iprev para este ano. Entretanto, com as medidas restritivas de isolamento social e deslocamento determinadas em face da pandemia da Covid-19, a ação foi priorizada. 

Com este novo modelo, eliminamos etapas do processo, sem prejuízo da qualidade técnica das nossas análises. Assim, ganhamos em agilidade, o que significa um tempo de tramitação menor do que o que tínhamos até agora. Estamos falando, também, de processos que eram físicos e que precisavam de contato humano para serem entregues e analisados. Tornando digitais várias etapas da solicitação, diminuímos a necessidade de contato físico, protegendo os nossos servidores e o público”, explicou o presidente.

BEM ESTAR LIFE: Atendendo por delivery (ENTREGA A DOMICÍLIO) -
Contatos/Whatsapp: (98) 99133-9929 (Lini Portela);
ou (98) 99176-9834 com Franciliny Portela.
( Publicidade )

Celeridade e transparência

Para diretora de Perícias Médicas do Iprev, Lisandra Martins, outra vantagem é o fato de o servidor poder acompanhar, de maneira mais próxima, o andamento de qualquer solicitação feita. “O servidor assume o protagonismo do seu processo, seja ele de licença ou aposentadoria por invalidez, por exemplo. Ele pode acompanhar a tramitação pelo sistema e ser informado caso haja alguma pendência”, informou. 

Caso haja alguma pendência documental, o servidor é avisado por e-mail para que possa inserir no sistema os documentos faltantes. Cada solicitação gera um número de processo, que pode ser usado para acompanhar o andamento do pedido na própria plataforma ou no sistema E-processos. 

Saiba mais

A diretoria de Perícias Médicas do Iprev atende a todos os servidores públicos estaduais com serviços como a homologação de atestados médicos (durante a pandemia, serão apenas os superiores a 15 dias, ficando dispensados de validação os de prazos inferiores); avaliação nos casos de licença para tratamento de saúde, isenção de imposto de renda, aposentadoria por invalidez, redução de carga horária, readaptação de função e pensão para filhos ou pais inválidos.

Também compete às Perícias Médicas a realização de exames para ingresso, no serviço público dos servidores aprovados em concurso. Outra competência é a vistoria de espaços de trabalho para avaliar a concessão de adicionais de insalubridade e periculosidade.

As Perícias Médicas funcionam no Centro Social dos Servidores Públicos do Estado, localizado à Rua Sambaquis, s/n – bairro Calhau, em São Luís. Para proteger as saúde dos Servidores e do público, o atendimento presencial está temporariamente suspenso. Eventuais dúvidas, porém, podem ser esclarecidas por meio do telefone (98) 99171 9399 ou pelo e-mail: pericia.medica@iprev.ma.gov.br. O Iprev mantém ainda uma Central de Atendimento, que pode ser acionada pelos telefones (98) 98443 0163 ou (98) 4141 9801. O horário de atendimento é das 13h às 19h.



Publicidade


PAULINO NEVES-MA | Condutor Perde Controle e Hilux Capota Entre os Povoados Tingidor e Tapera

Hilux após capotamento

Chapadinha (MA) - Sexta-Feira, 29.Maio.2020


Na tarde desta quinta-feira (28), uma Hilux capotou entre os povoados Tingidor e Tapera em trecho da MA-315 em Paulino Neves-MA - município distante 233 km de Chapadinha.


De acordo com informações colhidas, o condutor trafegava em alta velocidade e teria perdido o controle do veículo. Além do condutor, mais uma pessoa estava no veículo no momento do acidente.

Publicidade

Ainda de acordo com populares, o acompanhante (carona) foi transferido para a cidade de Parnaíba/PI, mas não resistiu, vindo a óbito.

O condutor do veículo é parente do proprietário de uma farmácia da cidade de Paulino Neves, e até o fechamento desta matéria não obtivemos notícias sobre seu estado de saúde.

Mais informações - Clique Aqui.


Publicidade


quinta-feira, 28 de maio de 2020

CHAPADINHA | Operação Conjunta das Policias Civil e Militar Recupera Moto do Blogueiro "Manhoso" e Prendem Ladrões

Na noite da ultima terça (26), por volta das 23h, o blogueiro foi surpreendido por dois assaltantes que levaram um capacete, um celular, um lanche, uma motocicleta Pop de cor branca, e levaram também até uma máscara que ele usava para se proteger do coronavírus

Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 28.Maio.2020


O blogueiro "Manhoso" (Leandro Silva Lima) teve a sua moto roubada na noite da última terça-feira (26), por volta das 23h. Após analisarem as filmagens as forças policiais de Chapadinha realizaram várias ações no intuito localizar e prender os possíveis autores.


Reveja no link abaixo, a matéria sobre o assalto sofrido pelo blogueiro:

CHAPADINHA | Blogueiro 'MANHOSO' Tem Moto e Celular Tomados de Assalto

Contatos da PM/Chapadinha

Na manhã desta quinta-feira (28) foram localizados e conduzidos para a Delegacia de Chapadinha: Josefran Gomes Roque, Klécio José Costa de Oliveira e apreendido um menor, que acabaram confessando o delito e ainda informando que haviam vendido a moto para uma pessoa na cidade de Vargem Grande/MA.

Contato/zap da Polícia Civil/Chapadinha

De posse das informações, foi feito o contato com Policiais daquela cidade e repassada todas as informações e características da motocicleta, após várias buscas e realização de incursões os policiais localizaram um indivíduo e a moto, o mesmo ao avistar a equipe de policiais empreendeu fuga e abandonou a moto.

Depois de comprovada ser o veículo roubado em Chapadinha, foi informada a equipe de Chapadinha que já está trazendo o veículo que será entregue ao legítimo dono.

Parabéns aos Policiais Militares do GSA, Policiais Civis da Delegacia de Chapadinha e Vargem Grande pelo belo trabalho!


Publicidade


AGED/MA Alerta para os Cuidados Durante a Vacinação Contra Febre Aftosa

A campanha, vai acontecer até o dia 30 de junho

Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 28.Maio.2020

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) faz um alerta para os cuidados na hora de vacinar bovinos e bubalinos contra a febre aftosa.

A primeira etapa da campanha que, neste ano, vai começar na próxima segunda-feira (1°), visa garantir a adequada orientação sobre a execução da vacinação durante a pandemia da Covid-19 e os procedimentos e cuidados para que a imunização dos animais ocorra satisfatoriamente, sem colocar em risco a saúde dos produtores rurais e dos profissionais do serviço veterinário oficial.

Produtores e veterinários devem observar o protocolo de cuidados na hora de vacinação, que recomenda evitar aglomeração desnecessária de pessoas no momento do manejo do animal e da vacinação; fazer o uso de máscara; lavar bem as mãos antes, durante e depois da aplicação da vacina; realizar a limpeza antes e depois de superfícies e equipamentos usados na vacinação; manter o distanciamento de 2 metros entre as pessoas; seguir as orientações do médico veterinário de manter o manejo sanitário dos animais; manter a temperatura da vacina entre 2° a 8°, dentre outros.

De acordo com a fiscal estadual agropecuário da AGED/MA, Margarida Prazeres, responsável no Estado pelo Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA), o objetivo é imunizar mais de 8 milhões de bovinos e bubalinos no Maranhão, realizando a campanha de forma segura para os produtores rurais, equipe técnica e demais envolvidos nesse processo.

A campanha, que vai acontecer até o dia 30 de junho, deve imunizar bovinos e bubalinos de todas as idades. A vacinação de todo rebanho é importante para manutenção do atual status do Maranhão, que é de livre da aftosa com vacinação, nos preparando para alcançar o status de zona livre sem vacinação.

Publicidade

Prazo estendido

Os criadores vão ter um prazo maior para comprovar a vacinação do gado e devem ficar atentos para fazer a comprovação no escritório da AGED/MA onde a sua propriedade está cadastrada. O prazo vai até o 31 de agosto para evitar aglomeração nos escritórios da Agência.

O criador pode optar pelo agendamento para apresentar o comprovante de vacina ou fazer de modo eletrônico, seguindo as orientações disponíveis no site da AGED/MA (www.aged.ma.gov.br), necessárias para realizar a comprovação. A recomendação é que o produtor não deixe para fazer a comprovação no último dia do prazo.

Quaisquer dúvidas para realizar a comprovação, basta acessar o site da AGED/MA, para acesso aos contatos de e-mails e telefones, além de informações que estão disponíveis em nossas redes sociais. Está disponível também o telefone da ouvidoria através do (98) 99132-0441.



Publicidade


Arquivo do blog