Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

sábado, 19 de dezembro de 2009

Caravana do Filme Ai Que Vida se apresenta neste sábado em Chapadinha

Hoje, sábado (19), é dia de se divertir com a turma do filme de maior sucesso que o Nordeste já produziu. Parte do elenco de "Ai Que Vida!" fará apresentação única na cidade, no Parque Aquático Torre do Sol, a partir das 20h.

Outra atração será a cantora Gardênia Lima, com o melhor da MPB. Os ingressos antecipados estão à venda com "Chico do CD", Francisquinha (na Calçada da Fama) e Zé Napoleão, na Praça da Bíblia.

Valor do ingresso antecipado:
- Adulto: R$ 8,00
- Criança: R$ 5,00

Agerp Realiza Oficina Com 19 Escritórios Regionais

Com o objetivo de discutir as ações executadas este ano e o planejamento para 2010, a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp) realizou até a última sexta-feira (18), uma oficina com os gestores de seus 19 escritórios regionais. A atividade foi composta por palestras e debates. A oficina foi iniciada na quinta-feira (17), com a participação do secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca, Afonso Fernandes Ribeiro, e do presidente da Agerp, Tadeu Lima, do presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Maranhão, Durval Ribeiro Alves.

Nesta foto: Genival dos Santos Oh, Tadeu Lima, Afonso Fernandes Ribeiro e Madalena Saraiva (Gestora Regional da Agerp/Chapadinha)
No encerramento da oficina, o presidente Tadeu Lima e diretores da Agerp apresentaram as ações executadas em 2009 pelo órgão, a exemplo de implantações agroecológicas, assistência técnica e extensão rural pesqueira aos municípios, implementação de projetos de Apicultura Integrada e Sustentável e de Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar em São João dos Patos e adesão ao Programa de Desenvolvimento Sustentável da Unidade de Produção Familiar e as planejadas para 2010.
Ascom

Saúde: "Cuidando do Futuro" é lançado em 17 municípios

Reduzir em 10% a mortalidade infantil em 17 municípios maranhenses considerados críticos é a meta do Governo do Maranhão para os próximos dozes meses. Para alcançar esse objetivo, foi lançado, na última quinta-feira (17), no Palácio dos Leões, o Projeto "Cuidando do Futuro", que injetará recursos na melhoria da assistência à saúde do recém-nascido e da mulher.
A solenidade foi coordenada pelo secretário de estado da Saúde, Ricardo Murad. Contou com a participação de gestores municipais e de representantes de instituições envolvidas na efetivação do projeto. O público-alvo da ação são os profissionais de saúde que integram as equipes de Saúde da Família, com destaque para os agentes comunitários de saúde (ACSs), além das parteiras leigas e representantes da comunidade de cada um dos 17 municípios.

Segundo o projeto, serão capacitados mais de quatro mil profissionais a partir de fevereiro de 2010. "Nós estamos seguindo as metas preconizadas pelo Ministério da Saúde. Mas o que há de mais importante é que a governadora Roseana Sarney, priorizando a redução da mortalidade infantil, determinou que colocássemos em prática medidas e ações de controle desse índice. A nossa meta de redução de 10% para esses 17 municípios é até mais audaciosa do que a do governo federal, que é de 5% ao ano", disse o gestor estadual.

O "Cuidando do Futuro", conduzido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, será desenvolvido em cinco fases, entre elas, o diagnóstico situacional dos 17 municípios com relação às equipes de Saúde da Família, a capacitação de todos os atores sociais envolvidos no projeto, a capacitação técnica em AIDPI - neonatal, Método Canguru e cuidados aos recém-nascidos e monitoramento e acompanhamento das famílias assistidas.

Os 17 municípios contemplados
São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Itapecuru Mirim, Timon, Codó, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Vargem Grande, Chapadinha, Santa Inês, Santa Luzia, Açailândia, Buriti de Inácia Vaz, Coelho Neto, Coroatá e Presidente Dutra.
Confira matéria completa. Clique aqui.
Ascom

Carta do Leitor

No lado esquerdo da foto está a Prefeitura Municipal de Chapadinha
A crítica faz parte do Estado Democrático e por essa razão, ela deve ser construtiva sempre. Estivemos aqui em Chapadinha em 2005 e agora em 2009 e a cidade continua suja, o transito sem controle e muitos carros e motos em cima das calçadas, notadamente na calçada da Prefeitura. Caso ignorado pela Guarda Civil que já se arvorou em multar carros em outros lugares dentro da cidade.

Avenida Ataliba Vieira de Almeida - Inverno de 2008/2009
A justiça para ser boa, deve começar dentro de casa, entretanto não parece ser esse o lema da Guarda Civil que é tutelada pela Prefeitura. Mas esse filme todos nós já o vimos... tudo antes da eleição é prometido e nunca realizado depois que o indivíduo é sagrado no cargo. Aliás, isto acontece em todos os níveis. Como exemplo, basta ir à Teresina (PI) e constatar a limpeza das ruas.

Não vamos longe assim, chegue até a vizinha Duque Bacelar e verá uma cidade minúscula e limpa e muitas plantas nas suas poucas e pequenas avenidas.

Avenida Ataliba Vieira de Almeida - Inverno de 2008/2009

Constatei também que até as Palmeiras Imperiais que ditavam a beleza desta cidade, conhecida como "Chapada das Mulatas", há muito não existem mais. É uma pena!!

Grande abraço deste admirador dessa excelente cidade.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Notícias da Paróquia

NOTA DE ESCLARECIMENTO AO PÚBLICO
"1) - A Paróquia mantinha com a Rádio Mirante local, desde o início de sua fundação, alguns programas diários de transmissão. Pagava cada mês R$380,00.

2) - No domingo passado, quando Pe. Casimiro se dirigia para levar ao ar o programa das 13h30 foi informado, pelo funcionário em serviço, que se ele falasse no problema do que estava acontecendo com os canais de TV entre Paróquia e Mirante, ser-lhe-ia retirado o som. Achamos que era direito do Pe. Casimiro informar sobre um comunicado oficial do Pároco. Apenas explicava por que se tinha dado a invasão arbitrária do Canal 7 a serviço da Canção Nova, pela Mirante.

3) - Achamos que tal procedimento, de trabalhar pela calada e impor fatos consumados, merece o nosso mais vivo repúdio, porque ofende a liberdade de imprensa e o contrato comercial estabelecido entre a Paróquia e a empresa de rádio. Porque não teve Pe. Casimiro o direito de informar, se, na terça-feira seguinte, o proprietário da empresa informou da sua versão, agredindo a verdade e tentando paliar o problema com palavras mansas e vácuas promessas de falsa disponibilidade?

4) - Que se registre que a Paróquia não vende sua liberdade de formar e informar por falsas ofertas de disponibilidade. Perante o que nos parece ser insolente posição, arbitrária decisão, falta de ética e falta de competência profissional do dito senhor, a equipe sacerdotal ausenta-se de participar em programas elaborados expressamente na dita emissora até que, segundo a nossa opinião, seja revista a inconveniência da facciosidade política que pratica, melhore o sentido ético do seu trabalho e pratique um relacionamento menos prepotente e ganancioso. Outras emissoras se abrirão à verdade da comunicação e à evangelização dos valores cristãos.

5) - Outras medidas vão ser tomadas contra a parceria secreta e estratégica a quem a verdade ofende e onde toda a informação é condicionada. Todo o sistema de alienação pública torna-se insuportável. Estas restrições já se vinham sentindo, mas agora aumentou a arrogância e a falta de respeito. O que também nos parece revelar o poder da exclusividade e o máximo de dependência em que vivem. E isso tem que se tornar público. Deus abrirá sempre outros meios de comunicar a verdade. Nem que seja ocasionalmente. Pedimos também que todas as comunicações públicas e oficiais se façam em conferência pública de imprensa ou tenham um órgão específico para que todos os Meios de Comunicação Social possam tomar conhecimento.

6) - Informamos também a todos os paroquianos que nos foi comunicado, oficialmente, através de ofício, assinado pela Sra. Prefeita Danúbia Carneiro, que será retirado à Paróquia o Canal 7 e a Canção Nova passa a transmitir no Canal 9. Esta decisão foi-nos imposta e assegurada. Não é nosso desejo exigir preferência nem prejudicar outras empresas transmissoras que têm seus encargos assumidos. Como também toda a preferência de outros que sobrecarregue e prejudique a Canção Nova não só atinge os padres, mas ofende toda a comunidade católica”.
.............................................................

O QUE É PÚBLICO É PARA TODOS E NÃO DEVE SER SEGREDO PARA NINGUÉM
“A situação de Chapadinha não se pode analisar só pelo pagamento do vencimento do funcionalismo. É alguma coisa, mas não é tudo. Há outros setores e campos de ação que devem ser contemplados, como: a Saúde, a Educação, a Limpeza Pública, o estado das vias de comunicação, o aumento do patrimônio público, a segurança pública, as políticas públicas de proteção à família, ao adolescente, ao jovem e ao idoso... etc., etc. Quem tiver o mínimo de sensibilidade humana e formação cívica sente-se preocupado ao ver que Chapadinha está descuidada, dando até oportunidade a quem a tratou de igual maneira de poder chamar de desastrosa a situação. Passou-se um ano sobre a atual administração e... Tudo está parado.

Não há projeto público de desenvolvimento conhecido, não há respeito pelo Plano Diretor do Município, as Secretarias Municipais, na maioria, não se sabe onde estão localizadas... Espera-se, sim, alguns projetos para sair da inoperância. Mas com verbas especiais, talvez mais perto da campanha eleitoral que se aproxima. Achamos que é urgente promover audiências públicas em que seja debatida a situação e se exija seja aceite um governo participativo. A prática anterior e sua continuação... não satisfazem.

Para conhecimento de todos publicamos as verbas que o Município recebeu este ano. Repito: precisamos de audiências públicas para debater a situação. Não queremos com isto entrar em conflito com ninguém. Apenas queremos que saibam o que é publico e todos podem saber:”

RECEITAS DO MUNICÍPIO DE CHAPADINHA, POR MÊS, NO ANO DE 2009:

Janeiro............................... 2.914.572,75

Fevereiro.......................... 3.981.663,50

Março................................ 4.643.879,44

Abril ................................. 7.656.559,57

Maio................................... 6.173.790,69

Junho................................ 6.994.878,51

Julho ................................ 3.549.096,01

Agosto .............................. 4.839.617,35

Setembro ......................... 4.374.191,57

Outubro ........................... 5.281.765.88

Novembro ....................... 4.334.859,29

Dezembro......................... ?

TOTAL GERAL (parcial) .. 54.744.859,29
____________________________
FONTE: in Vida Nova - Boletim Formativo e Informativo da Paróquia de N. S. das Dores - Chapadinha // DIRETOR – Pe. Manuel Neves // DIRETOR-Adjunto – Pe. Pedro José; N°46 - 13/12/2009, pp.2-4.

ALZHEIMER político em Chapadinha, não obrigado!

Por: Pe. Pedro José
No princípio era a política (... não o deputadozinho de vara curta!?).
A política está em tudo. Mas a política não serve para tudo. É o caminho mais difícil da Caridade e por isso a santidade política é algo muito nobre, super exigente, mas não impossível de realizar. Para os espíritos superiores, naturalmente não elitistas. Sabemos da diferença nos termos.

Outro exemplo, a noção de Bem Comum, infelizmente em muito lado, como aqui no nosso município, é traduzida só por B.E.M. = Bem Em Mim! E olha lá! Tal é a ganância de/por dinheiro, que nem a auto-estima pessoal é tida em consideração mínima! Não há o mínimo de pudor! “Há vergonha em ser honesto!” - sentença ouvida de um empresário credível! Muito menos para espíritos (penso em mentes e na força do caráter...) torpes, traiçoeiros (sobre traidores... notável e injustiçada, a figura histórica de Judas e suas alianças políticas...) é óbvio que percebo o carisma do nosso Presidente Lula, envolvido numa polêmica desnecessária (a subida do IBOPE, o confirma para desespero da oposição) mas discordo, amigavelmente dele, - como dos “nossos fazedores políticosChapadinhenses - pois Jesus não fez aliança com fariseus e saduceus.

O caminho não é esse. Não é o nosso caminho histórico de ação Pastoral comprometida com o Povo. Mas na lista de torpes, traiçoeiros, na nossa opinião acrescentamos, ainda, impostores. Para mais aprofundamentos vejamos o impacto que teve a Campanha da Ficha Limpa, conduzida em parceria pela Igreja Católica e outras instituições, onde se destacou positivamente a F.A.P. (a Sessão Pública do dia 28 de Agosto na nossa Igreja Matriz, primou pela ausência das “figuras políticas” da nossa praça, de todos os lados sem exceção), ela será um marco histórico a confirmar, em termos de Cidadania Ativa (ainda adolescente, sem diminutivos).

Enviamos um total de 1044 assinaturas, o que é pouco. Sabemos quem não aderiu ao movimento; quem o repudiou; e quem tentou inutilmente esvaziar essa iniciativa de aderência ímpar em todo o Brasil!

O apagão da Consciência
Há boa consciência; a ela se fica a dever uma boa memória. Purificar a memória é urgente. Não temos ressentimentos e rancores, ao contrário de outras figuras empresariais, políticas e seus “assalariados”. Temos falhas e erramos como todos os seres humanos, mesmo querendo fazer o nosso melhor. Divergências sim e ai de quem as tem; por medo, incompetência, e sobretudo (in)fidelidades partidárias (ora na oposição, ora no governo, ora como duplo-espião... aqui temos de tudo para todos os bolsos. Haja preço, que dinheiro não é problema...). As duas Notas Paroquiais (cfr. Vida Nova, N°45 - 06/12/2009, pp.2-3; Vida Nova, N°46 - 13/12/2009, pp.2-3.), sobre o assunto da retransmissão da Canção Nova não oferecem duvidas a ninguém (a não ser que seja secretário).

Acreditamos no melhor lado de cada ser humano. Pois sentimos a mesma hospitalidade para nós que somos cidadãos, amamos a cultura maranhense, e temos o complexo superado de ‘colonizados’ (mas na nossa opinião, há uma minoria bem identificada que faz disso um insulto velado e permanente). Trabalhamos como todos os trabalhadores honestos. Temos família e critérios pastorais, éticos e sociais. A Paróquia não é uma empresa em crise de identidade. E falência técnica, dívidas impostas por credores ou não, notas frias e interesses politiqueiros, não alimentamos nunca! Repudiamos essas práticas como não teremos medo de informar o Povo e denunciar às Autoridades competentes se for necessário e sempre que o seja!

MSL: Movimento dos Sem Leitura
Gostamos de sonhar alto com realismo pragmático. Sem a leitura da realidade humana, como o mestre Paulo Freire nos ensina, ainda hoje, não há desenvolvimento humano integral. O nosso Boletim Vida Nova, faz parte do movimento de erradicação do analfabetismo (também do “funcional”; mas não recebe dinheiro público...) dos “Sem Leitura (sabendo já ler e não querendo exercer!?)”. Esse é um dos problemas mais graves em Chapadinha (dos políticos que não dão exemplo...). Meios são apenas meios, nada mais. Canal de TV, jornal impresso a cores, rádios (Mirante ou Cultura, etc), púlpitos, reuniões de grupos e associações nos bairros, participação qualificada nos Conselhos Municipais, conversas informais e conferências de imprensa (nem se sabe o que isso é? Não é verdade!?). Tudo nos convém, sem relativismos (o Papa Bento XVI catequiza-nos bem como católicos, não enquanto catoliquinhos...) para a construção do Reino de Deus, que não é só comida e bebida, mas sobretudo Justiça e Paz. Alegria de Festejo Sadio! E não ressaca de fim de estação! Cultura da Sobriedade é urgente! Onde anda a Cultura de Estudo? Como vai a Cultura Cívica?

Cutucando a Sociedade Civil
Será de despertar aqueles que dormem enquanto cidadãos(ãs) Chapadinhenses? Está a decorrer de 14 a 17 deste mês, a 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), em Brasília, vai tratar de propostas polêmicas como: controle social sobre a mídia, reivindicações puramente corporativistas, qualidade da (in)formação dos mídia, pois tratam-se de concessões públicas, etc. Um pouco do muito que sofremos aqui em Chapadinha, pela ausência/adormecimento da Sociedade Civil.

Mas a situação e a consciência política estão em mudança positiva. Há sinais (in)visíveis de empenhamento e manifestação. Será por essa razão a “fome politiqueira” de ter o poder da mídia, em ano que antecede as eleições em 2010, de qualquer maneira? Sem honrar contratos escritos e palavras negociadas com transparência e sem dinheiro escuso? Será o medo que os maus políticos têm de não serem mais credíveis? Desse ALZHEIMER político nós não sofremos, obrigado a todos(as) com os quais sempre dialogaremos com brigas construtivas!
Imagem meramente ilustrativa

Neves Cutuca a História com Vara Curta

Por Alexandre Pinheiro - www.alexandre-pinheiro.blogspot.com
A Gênese da Discórdia
Antes fraternais, as relações entre o Sistema Mirante de Chapadinha e os padres começaram a azedar em setembro de 2008, quando um desacordo relativo à coleta de taxas das barracas do festejo e o repasse destas à Paróquia (ao encargo do Secretário do Governo Municipal e repórter da Mirante, Willian Fernandes - foto a direita) acentuaram as divergências doutrinário-teológicas entre emissora e padres, tendo a concepção acerca dos Festejos de Nossa Senhora das Dores como pano de fundo.

Tal cizânia alcançou o clímax nos festejos de 2009, quando a equipe do programa Direto ao Assunto (Mirante Am/local) criticou o que considerou excesso de rigor do padre na imposição de regras durante o período. A resposta não tardou chegando-se a adjetivar os mirantianos de canalhas.

O Apagão Televisivo
Os ressentimentos e rancores colocados deste então no freezer, começaram a degelar quando a Anatel retirou a TV Mirante (local) do Canal 3 por falta de outorga. Depois de tentativas vãs de recolocar a Mirante nas condições anteriores, finalmente, a Prefeitura, detentora de dois canais homologados, prometeu o Canal 7 para a emissora desabrigada, cedendo o Canal 9 à Canção Nova.

Esta seria a saída harmoniosa se o Canal 9 já não estivesse ocupado pela Band, do empresário Leal Júnior. Diante do impasse, no início do mês, sem avisar a outra parte, a Mirante resolveu colocar o seu sinal no ar no Canal 7 - sobrepondo a emissão da Canção Nova e inviabilizando a qualidade de ambas. Percebendo a ação indevida e eivada de arrogância, a Mirante recuou e suspendeu o sinal.

MST: Movimento dos Sem Televisão
Sem desembaraçar o Canal 9, a Canção Nova foi desligada e a Mirante passou a retransmitir o sinal da Globo desde a última terça-feira, dia 15 de dezembro. Desde então, inconformado com desfecho, o Padre Neves (foto a esquerda) protagonizou um movimento político impensável: ocupou os microfones da Rádio Cultura, do ex-deputado Vagner Pessoa que é cunhado de Isaías Fortes, para atacar a prefeita Danúbia Carneiro e o Sistema Mirante.

A história de antipatia recíproca entre Neves e a Família Isaías é notória. Lances de agressões físicas, ameaça de invasão da matriz em dia de missa, processo movido por Neves contra Vagner por crime de preconceito de origem perpetrado na mesma emissora, entres outros, compuseram um afastamento que a comunidade católica considerava intransponível.

Cutucando a História
Como ser político que é, Neves tem suas razões e reagiu como manda a cartilha dos melhores profissionais do ramo. Abafado por um lado procurou se manifestar onde teve brecha e sinalizou que nesse meio nenhuma desavença é pra sempre. O desafio pela frente é crer na conversão democrática dos donos da Rádio e contornar os obstáculos para tratar naqueles microfones da época em que foi vítima do mando mais sombrio que Chapadinha viveu.

TV Mirante: NO AR

Por: Brendha Gomes - Site LocalNotícias
Desde a última terça-feira, dia 15, a TV Mirante de Chapadinha, retransmissora da Rede Globo, voltou ao ar, mas agora operando pelo Canal 7.

Apesar da volta, a programação ainda não voltou ao normal. De acordo com os funcionários, os comercias ainda não estão sendo exibidos uma vez que a emissora ficou fora do ar por muito tempo.

O telejornal local (apresentado por Fabrícia Bógea - foto) retornará apenas em janeiro de 2010 quando toda a grade estiver montada.
A TV Mirante de Chapadinha retoma suas atividades, após longos oito meses fora das telas chapadinhenses. A saída da emissora se deu após uma determinação da ANATEL uma vez que ela havia deixado de apresentar a Autorga de Funcionamento. Na ocasião a emissora operava pelo Canal 3.

Grupo missionário, de Coimbra, promove campanha solidária para famílias pobres de Chapadinha

Fonte: Site LocalNotícias
O grupo missionário católico da Diocese de Coimbra "João Paulo II" (foto), que já é conhecido pelos chapadinhenses por seus trabalhos em prol das famílias pobres do município, iniciou desde o último dia 8 a campanha “Presépios Solidários", a fim de proporcionar um natal mais digno às famílias nordestinas.

A campanha funciona com a venda de presépios confeccionados pelos componentes do grupo missionário. A totalidade das verbas angariadas com a venda dos presépios será destinada a distribuição de cestas básicas mais precisamente em Chapadinha.

Mais informações através do email:
missaojp2@gmail.com

MP de Chapadinha receberá ponto eletrônico

Por: Brendha Gomes - LocalNotícias
Imagem meramente ilustrativa
Desde a última segunda-feira (14) até hoje, sexta-feira (18), a Coordenadoria de Informática da Procuradoria Geral de Justiça estará fazendo o cadastramento e instalação do ponto eletrônico no Ministério Público de Chapadinha, como parte do processo de implementação do controle e apuração de frequência dos servidores e dos servidores efetivos e à disposição do MP. Além de Chapadinha, outras 12 promotorias localizadas na cidades de Rosário, Icatu, Humberto de Campos, Barreirinhas, Itapecuru, Vargem Grande, Urbano Santos, Brejo, Santa Quitéria do Maranhão, Tutóia e Araioses, estarão recebendo o ponto eletrônico.
Além da implantação dos pontos eletrônicos, o MP de Chapadinha, e por todo o país, estarão comemorando o Dia Nacional do Ministério Público. Na capital do estado aconteceu o lançamento de publicações do Ministério Público, entre os quais, livros e revistas, além de uma missa de Ação de Graças.

Polícia prende 11 bandidos que assaltavam bancos no MA

Os criminosos foram presos nos municípios de Buriti e Duque Bacelar, Chapadinha, São Mateus, São Luís e São Benedito do Rio Preto.
Por Ronaldo Rocha/ O Estado
Foto: De Jesus/ O Estado
Onze pessoas foram presas pelas polícias civis do Maranhão e Piauí, suspeitas de prática de assaltos a agências bancárias nos dois estados. Do total, oito foram apresentadas na Secretaria de Segurança Pública, na Vila Palmeira, e em seguida levadas para o Centro de Triagem, o Cadeião, em Pedrinhas, na capital São Luís. Ainda esta semana, todos serão transferidos para a Casa de Custódia, em Teresina (PI), onde aguardarão julgamento.

Os assaltantes transferidos para São Luís foram Gerson de Sousa Miranda, José Gomes (o "Charles Brown"), Josiney Gonzaga da Silva (o "Lourinho"), Antônio Gomes de Araújo Filho, Francisco Ferreira da Silva (o "Chiquinho"), Maria Cristiane Sousa Passos, Graciete Sousa Passos e Antônio José da Silva Sousa.

Um dos bandidos, Antônio Gomes de Araújo Filho, foi candidato a prefeito em Anapurus (distante 25 km de Chapadinha), e outro foi baleado ao reagir à prisão. Com os criminosos, a polícia encontrou dois fuzis de guerra (556 e 762), duas escopetas, três pistolas ponto 40, além de farta munição e três coletes à prova de balas. O aparato é de uso exclusivo das Forças Armadas. Os bandidos agiam de forma violenta e chegaram a deixar feridos em algumas ações. Eles vão responder por roubo qualificado, formação de quadrilha armada, lesão corporal e porte ilegal de arma de fogo.

Assaltos - De acordo com o delegado de Polícia Civil do Piauí, Carlos Cezar Camelo de Carvalho, da Comissão Investigadora de Crimes Organizados (Cico), a quadrilha é apontada por assaltos ao Banco do Brasil, no município de Brejo, e ao Banco Postal em Buriti, no Maranhão, e por tentar assaltar a agência do BB do município de Miguel Alves, no Piauí.

“Em Miguel Alves eles não lograram êxito na subtração de valores, pois estavam desinformados quanto ao feriado municipal antecipado. Dispararam vários tiros contra as portas da agência, conseguiram entrar, mas não havia funcionários para abrir os cofres”, disse o delegado.

Depois do crime, segundo o delegado, uma operação foi montada para desarticular o bando. Além das polícias civis, reforçaram a ação a Secretaria de Inteligência do Maranhão, o Grupo Tático Aéreo (GTA), a Polícia Militar do Maranhão, o Cico, a Polícia Federal e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) do estado do Piauí.

“O crime ocorreu no dia 7 (segunda-feira). Montamos a operação e iniciamos as diligências, sem perder o rastro. No dia seguinte, já havíamos prendido alguns integrantes. Hoje (ontem) concluímos as prisões”, completou o delegado.

A captura, afirmou o delegado, foi resultado de vários mandados de prisão expedidos contra os criminosos nas comarcas do Maranhão e Piauí. Além dos assaltos já confirmados, a polícia agora investiga outros crimes.

“O bando costumava agir com muita violência. Entrava na cidade atirando para todos os lados, principalmente nas portas das agências bancárias. Várias pessoas eram feitas reféns. Eles também queimavam os carros na estrada e faziam vítimas”, completou o delegado Carlos César.

Qualificação - O secretário adjunto de Inteligência do Maranhão, comandante Aluízio Mendes, afirmou que a quadrilha era extremamente qualificada, com ramificações em todo o estado do Maranhão e parte do Piauí. “São pessoas altamente perigosas, acostumadas a provocar pavor à população. Assistimos a vários vídeos internos das agências assaltadas e pudemos constatar o quanto utilizavam a violência contra os clientes”, disse ele.

A quadrilha, segundo as investigações, fazia um levantamento prévio da agência que seria assaltada. Os integrantes discutiam as funções de cada pessoa, utilizavam veículos, faziam reféns e os liberavam durante a fuga. Em seguida, aguardavam a equipe de resgate. Não foi informado quanto o bando faturou nos assaltos efetuados no Maranhão. No entanto, informações extra-oficias apontam que somente as pessoas responsáveis por fazer o transporte do bando adquiriam cerca de R$ 5 mil por ação.

Os criminosos foram presos nos municípios de Buriti e Duque Bacelar, Chapadinha, São Mateus, São Luís e São Benedito do Rio Preto.

Chamou a atenção da polícia a participação de Graciete Sousa Passos e Maria Cristiane Sousa Passos, mãe e filha respectivamente, além de um ex-candidato a prefeito no Maranhão, identificado como Antônio Gomes de Araújo Filho.

“As mulheres eram responsáveis por esconder os bandidos e prover alimentos, enquanto Antônio articulava e participava das ações. Ele havia se candidatado à Prefeitura de Anapurus nas ultimas eleições”, resumiu Carlos Cezar Camelo de Carvalho.
Com informações de Luis Carlos Júnior e J. Coutinho

Arquivo do blog