INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Star Drinks

Star Drinks

Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

Posto Ipiranga / Chapadinha

Posto Ipiranga / Chapadinha

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Comunidade São Camilo (Areal) - CONVITE


O Ministério de Dança Mensageiros do Amor (M.D.A.) - CONVIDA você e sua família para participar neste sábado, dia 02 de junho, a partir das 19h, de uma noite de muita alegria, louvor e convívio. Trata-se do evento CRISTO É O SHOW! - com apresentação de várias atrações, vários ritmos pra você cantar, louvar e dançar!!!
PARTICIPE!

Quatro bandas participarão deste evento:  Emunah, Sonho de Paz, Expresso Louvor, Equipe Louvor Mix e, a participação especial do cantor gospel-católico Francisco Marinho.






SERVIÇOS:

Local: Centro São Camilo - Bairro Areal - Às
 19h.

Ingressos: Apenas R$ 3,00.


Contamos com sua presença!


*Com informações do Blog do Prof. Helton Carlos

VEM AÍ: 1º Fórum de Debate Sobre a Situação Atual de Chapadinha


CONVITE PÚBLICO

Próximo dia 15 de junho de 2012, sexta-feira, às 19 horas, a Escola Amélia Almeida ((Rua Gustavo Barbosa, 137 - Centro) realizará o 1º Fórum de Debate Sobre a Situação Atual de Chapadinha - Ao Vivo!


Para o evento, a organização CONVIDA todos os blogueiros e a imprensa, que desejarem se fazer presentes na ocasião, que entrem em contato com a professora Silede (Diretora da Escola Amélia Almeida) pelo telefone (98) 9168-9081.


Nesta mesma ocasião, estão sendo convidados publicamente (via Facebook) os senhores Ernani Maia (Odontólogo), Marcelo Menezes (Vereador), Jane Andrade (Professora e Blogueira), Juvenal Neres Sousa (Articulador/ASA-MA), Luiz Eduardo Braga (Jornalista), Antenor Ferreira (Blogueiro), Reginaldo Marinho (Secretário Municipal de Obras) e Neudan Araújo (Secretária Municipal de Assistência Social) para serem debatedores, na ocasião citada. A organização tem a honra de convidar especialmente o pároco da cidade, Padre Manuel Neves (convidado especial), para participar deste debate.


Os assuntos tratados serão: Educação, Saúde, Segurança e Trânsito.
Andréia Maciel - idealizadora do evento.

A organização pede aos convidados debatedores, que confirmem suas presenças no contato acima citado.


Neste primeiro encontro, o evento irá contar apenas com a presença da imprensa e blogueiros locais, que também deverão confirmar suas presenças, já que o espaço a ser utilizado será pequeno.


A organização agradece a compreensão e acredita no bom nível do debate, que não poderá contar com palavras de baixo nível ou ofensas morais.


REGRAS: Não utilização de palavras de "baixo calão" (xingamentos e ofensas); será(ão) chamado(s) à atenção por 3 vezes. depois disso, será(ão) convidado(a) a retirar-se do ambiente e não poderá participar dos 3 próximos fóruns; Os assuntos serão somente os já pré-determinados, neste caso: Educação, Saúde, Segurança e Trânsito. Os últimos minutos serão para 4 perguntas da platéia. Ressaltando, mais uma vez, que não serão admitidos, na ocasião, insultos e xingamentos. o objeto é a análise do quadro Educação, Saúde, Segurança e Trânsito.

VOTOS SINCEROS

Deseja-se, siceramente, que muitos blogueiros compareçam ao debate. Alguém perguntaria: POR QUE ESPECIALMENTE, BLOGUEIROS? E respoderíamos: É UMA "IMPRENSA EXPONTÂNEA"! E quanto mais pontos de vista diferenciados, melhor! NÃO DESMERECENDO, DE FORMA ALGUMA, EM NENHUM NÍVEL, a IMPRENSA FORMAL (que tem seu lugar reconhecido).


OBJETIVO

O objetivo do encontro é exatamente propor uma visão mais crítica e participativa do povo através, também, de blogs informais.


Segundo a organização, o II Fórum já está sendo pensado, e será realizado em lugar maior e aberto a todo mundo!


Neste primeiro debate, somente blogueiros e a imprensa local, a princípio, estarão presentes para registrar o andamento da discussão.

*Informações da página da Escola Amélia Almeida no Facebook

BURITI: Povoado Mocambinho Realiza Tradicional Festival do Peixe


Acontecerá neste sábado, dia 2 de junho, a tradicional Festa do Peixe do povoado Mocambinho (município de Buriti) com distribuição de meia tonelada de peixe (isso mesmo! 500 kg totalmente grátis).


A festa terá início a partir das 12h (meio-dia) com animação de Márcio Oliveira e Forrozão "Tira Roupa", umas das melhores bandas da região tocando todos os ritmos. Às 18h, entra, para continuar a animação, Rodrigo Alves, com o melhor do Arrocha. E para encerrar o Festival do Peixe com chave de ouro vem Saulo - O fenômeno dos teclados, a sensação do momento.


Pela manhã haverá um torneio de futebol de veteranos entre as seleções de Duque Bacelar, Porto, Buriti e São Luís.


A festa do peixe é uma tradição do povoado Mocambinho e ocorre, initerruptamente, há 15 anos.


ORGANIZAÇÃO: Didi, Marrão e João.


Do Blog Correio Buritiense

Marisa Arouche é Eleita Nova Presidente da Associação dos ACSs de Chapadinha



Nesta quinta-feira, dia 31 de maio de 2012, aconteceu a eleição da categoria dos Agentes Comunitários de Saúde, a votação teve início as 8h da manhã e terminou as 16h.


A categoria dos ACS tem 170 sócios, compareceram 166 que votaram para decidir democraticamente a escolha do novo presidente.


Concorreram para o cargo de presidente, o ACS Ducival Veras dos Santos, que era o presidente atual com a chapa 1, e com a Chapa 2 estava a ACS Marisa Alves Arouche.

A presidente da mesa Vera Lúcia, começou a contagem dos votos que definiu com 106 votos a Chapa 2 campeã com Marisa Alves dos Santos, e com 57 votos ficou a Chapa 1 do ACS Ducival Veras dos Santos.

Marisa vai ficar a frente da presidência dos ACS de Chapadinha por 4 anos, e vai ter ao seu lado o Sr. Germano Gonçalves como vice e toda diretoria para lutar pelos direito da categoria e trabalhar pela Saúde de Chapadinha.


Total de votos: 166
Marisa 106Ducival:57
Nulos:02
Branco: 01

Diferença : 49 votos.


Veja mais fotos no Blog do Foguinho

CCAA/UFMA-CHAPADINHA: Alunos Aderem à Greve de Professores

Carta Aberta aos estudantes da UFMA/CCAA - Centro de Ciências Agrárias e Ambientais

Mediante a greve dos Professores das intuições de Ensino Superior Federal e suas reivindicações, os alunos deste Campus em Assembleia Extraordinária com os 3 (três) cursos e seus representantes legais – CA’s e DCE resolvem entrar em greve para também reivindicar suas melhorias quanto ao ensino e ao Campus.

Visto que a paralisação dos Professores vem afetando de modo prejudicial quanto ao andamento das aulas, principalmente por não haver totalidade quanto aos professores que aderiram à greve do movimento, fazendo com que as aulas estejam ocorrendo de modo fracionado. Os alunos decidiram também manifestar suas reivindicações efetuando o movimento de paralisação para expor as problemáticas do Campus. São estes:
 
 
_Redução da carga horária do Curso de Biologia;
 
_Falta de Professores adjuntos ao Curso de Agronomia;
 
_Funcionamento do R.U – Restaurante Universitário;
 
_Estruturação para funcionamento da Fazenda Universitária.
 
...E outros assuntos a serem debatidos e encaminhados a Direção do Campus.
 
 
Solicitamos a participação de todos os estudantes do campus CCAA para que nosso movimento tenha força e que possamos mostrar que nós somos o futuro desse país e que estamos aqui para desenvolver e prosperar em prol de justiça e de igualdade social.

Erterson Dairlan Vieira Santos
Secretario do DCE Campus Chapadinha

Tiago Jansen Magalhães
Presidente do CA de Agronomia

Liliane Santos Sousa
Presidente do CA de Biologia

Carla Costa Viegas
Vice-Presidente do CA de Zootecnia
 
 
*Nota recebida via E-mail.
 
 

Guarda Municipal de Chapadinha Concede Entrevista em Programa de Rádio Local

O inspetor Neivaldo, na última terça-feira (29 de maio) foi entrevistado pelo repórter Fábio Barroso (Rádio Mirante/local), aonde na oportunidade veio esclarecer o porquê da ausência de guardas municipais nas imediações da Praça Irineu Veras Galvão (Praça do Povo), sobre estacionamentos no centro comercial e também em relação aos acidentes que tem aumentado em Chapadinha nos últimos dias.

Segundo relatou o Guarda Civil, em virtude do asfalto está chegando em vários bairros da cidade é notório que com ele infelizmente também venha aumentar os acidentes, isso por falta de conscientização da população na maioria dos casos. Uma vez colocado o asfalto as pessoas acham que devem aumentar a velocidade de seus veículos e por tanto acabam não respeitando as sinalizações e consequentemente geram os mais variados acidentes que podem levar a apenas danos materiais ou até mesmo tirar a vida de alguém.
 
Em relação aos estacionamentos da cidade, o GM informou que devido ao número reduzido de guardas trabalhando diariamente não é possível atender de uma só vez as necessidades de todo o município, cujo só o centro comercial está se expandindo muito.

Já sobre o que vem ocorrendo na Praça do Povo, o Inspetor declarou que será tomada as medidas necessárias no intuito de acabar com as irregularidades ocorridas naquele local e para que a população em geral, que fazem uso daquele ambiente seja para o lazer, atividades físicas, ou outras finalidades permitidas para o local, se sintam a vontade e em um ambiente tranquilo. O GM ainda reforçou que será mantida a ordem em toda as imediações da praça para que nada de anormal venha a acontecer.
 
 
MATÉRIA RELACIONADA:
 
 
 
 

Chapadinha e Região Ganham Museu de História Natural



O município de Chapadinha, bem como, toda a região do Baixo Parnaíba, foi presenteado recentemente, com o primeiro Museu de História Natural do Leste Maranhense.
Implantado na área do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA (CCAA), o museu é resultante de um importante projeto de pesquisa e extensão, aprovados com recurso da FAPEMA e, coordenado pelo Biólogo, Doutor e Mestre em Ecologia pela UNICAMP – Jivanildo Pinheiro Miranda, professor de Ciências Biológicas do Campus IV, em Chapadinha.


Em entrevista ao Blog Ações e Destaques, o idealizador do projeto, afirmou que o propósito do museu é contribuir com a educação de crianças e jovens de Chapadinha, conscientizando-as desde cedo, sobre a problemática ambiental e a importância da Ciência para o desenvolvimento de qualquer tipo de entidade.


Quanto às visitações, Jivanildo Miranda, informou que o público só terá mais informações sobre os horários e os dias para conferir as exposições, após o lançamento do site do Museu, o que deverá acontecer dentro de alguns dias. No entanto, o pesquisador, nos adiantou que, a proposta inicial, é receber os visitantes, sempre aos sábados, pela manhã. Por meio do site, as pessoas também terão acesso aos contatos telefônicos para agendamentos de grupos escolares, que queiram assistir às exposições.


Resumido. Continue lendo (e veja +fotos no Blog Ações e Destaques)

Divulgado Retrato falado de Suposto Assassino do Jornalista e Blogueiro Décio Sá


Divulgado, na tarde desta quinta-feira (31), pelo secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), Aluísio Mendes, o retrato falado do suposto assassino do jornalista e blogueiro Décio Sá. A divulgação foi na sede da SSP-MA, no Outeiro da Cruz.


Leia mais no Blog do William

Menina de 5 Anos Morre Após Fortes Dores de Cabeça

Do Blog do William
A pequena Pâmela, de apenas 5 anos de idade, estudante da Creche Luis Rocha Junior, morreu nesta quinta-feira (31 de maio) após queixar-se de fortes dores de cabeça. Ela foi encaminhada ao Hospital das Clínicas de Chapadinha (HCC) sentindo dores e vomitando.

À tarde, Pâmela, foi transferida para São Luís, mas por volta das 16h, não resistiu e faleceu, próximo à cidade de Santa Rita.


Até o fechamento desta matéria, as causas da morte ainda não haviam sido divulgadas.


*Foto: Cássia (Blog do Prof. Damiani)

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Agronegócio avança no Baixo Parnaíba e preocupa pesquisadores

Campo de plantação de soja em Anapurus-MA.
 

Por: Viviane Monteiro - Jornal da Ciência
O interior do Maranhão, especificamente a região de Baixo Parnaíba, que desponta como uma nova fronteira agrícola, principalmente para o plantio de soja e milho, começa a preocupar pesquisadores pelo fato de representar uma ameaça à produção de culturas tradicionais, como o babaçu e pequi; à agricultura familiar que abastece a população local, e ao meio ambiente. O tema centralizou o debate da mesa redonda “Os Impactos do Agronegócio na Região do Baixo Parnaíba”, realizada no último dia da Reunião Regional da SBPC, quinta-quinta-feira (24), na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus de Chapadinha. O evento foi realizado na cidade de mesmo nome e que detém cerca de 60 mil habitantes, situada a mais de 200 km de São Luís.


Fizeram parte do debate os pesquisadores da Embrapa, Milton José Cardoso, e Aberício Pereira de Andrade, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), e o representante do Incra, José Inácio Sodré Rodrigues.


O Baixo Parnaíba é composto por 16 cidades, incluindo Chapadinha, com uma relação socioeconômica e cultural. A região é responsável por uma área de extensão de 19.178,80 Km² de hectares, com sérios problemas sociais e com IDH médio de 0,55.


As informações são de que as atividades de produtores rurais do Rio Grande do Sul e do Centro-Oeste, considerado o celeiro de grãos do País, estão migrando para o interior do Maranhão, onde há disponibilidade de terra, clima favorável à agricultura e transporte para o escoamento de grãos, como o Porto de Itaqui,
o 2º mais profundo do mundo e um dos mais movimentados.


O pesquisador da Embrapa, Cardoso, confirmou a informação de especialistas locais de que o plantio de soja e milho cresce acentuadamente na região que está entre as regiões com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (HID) do Brasil, mas que possui vocação climática, com garantia de produtividade elevada, e extensão territorial.


Equilíbrio - Cardoso defendeu o plantio sustentável na região e equilíbrio entre a agricultura empresarial, geralmente destinada à exportação, e a agricultura familiar (arroz, feijão, milho) para garantir a produção de alimentos com conservação e proteção do meio ambiente.


As áreas agrícolas estratégicas ocupadas para a população local estão perdendo espaço para a soja e milho”, destacou Cardoso.


Produção de milho - Cardoso citou, por exemplo, os últimos dados da Conab que mostram que a estimativa para todo o Estado do Maranhão para safra de milho da temporada 2011/12 ocupa uma área considerável de 592,2 mil hectares, o equivalente a uma produção de 977,1 mil toneladas, com rendimento médio estimado em 1,65 mil quilos por hectare. Estima-se que a produtividade do milho chega a variar entre 6 e 7,5 toneladas por hectare, em média.


Com base em dados do Banco do Nordeste, o pesquisador da UFPB, Andrade, citou que a soja é a atividade agrícola que mais cresce em Chapadinha, por exemplo, cidade onde o plantio começou a partir de 2003, e hoje acumula taxa de crescimento de 92,23% nos últimos nove anos. Ao lembrar que cerca de 70% do alimento consumido no Brasil tem origem na agricultura familiar, Andrade defendeu aumento de políticas públicas para esse segmento que responde apenas por 11% das políticas agrícolas do País. Enquanto isso, a agricultura empresarial, geralmente voltada para o mercado externo e à formação do chamado superávit comercial , responde por 89% do crédito concedido por bancos públicos ao setor.


Políticas públicas - O pesquisador da UFPE também defendeu eficiência no sistema agrícola para permitir aos pequenos agricultores brasileiros o acesso ao conhecimento científico e tecnológico, além de educação. “Os esforços têm de ser multiinstitucionais e é preciso ordenar esforços para a melhoria da sociedade. É preciso trabalhar o longo prazo”, destacou.


Atenção do Incra - Em uma tentativa de minimizar os impactos da aceleração desproporcional do agronegócio no Baixo Parnaíba, o representante do Incra, Sodré Rodrigues, destacou que o objetivo do órgão é fortalecer a agricultura familiar na região. Estima-se que existem na região 30 mil agricultores da área familiar e 6,7 mil de famílias assentadas, sendo em 15 comunidades quilombolas. A proposta do Incra é analisar os novos detentores de terras na região.


Desmatamento em ação - Um dos pesquisadores do Fórum em Defesa do Baixo Parnaíba, Luiz Alves Ferreira, Secretário Regional da SBPC no Maranhão, estudioso dos impactos da aceleração do agronegócio da região, chamou a atenção para o elevado desmatamento da região. Em linhas gerais, Ferreira, que acompanhou a mesa redonda do lato da plateia, disse que o estudo do Fórum revela que em regiões como o Brejo, cidade da região, com 27 mil habitantes, aproximadamente, o índice de desmatamento cresceu 420,8% entre 2000 e 2004, a maior taxa de desmatamento verificada entre as demais regiões do Baixo Parnaíba, causando impacto nas culturas tradicionais.


O pequi está saindo do prato das pessoas da região”, disse.


Já em Chapadinha, o índice de desmatamento aumentou 11% no mesmo período. O estudo destaca também uma eventual concentração de terras, considerando que mais de 1 milhão de hectares (dados de 2004) já estão sob o controle de grandes proprietários rurais.


Com base no estudo do Fórum, Ferreira declarou que os principais problemas para a região, que detém os piores indicadores sociais, são os avanços dos grandes projetos sobre territórios ocupados pelas comunidades tradicionais e quilombolas, comprometimento de recursos hídricos, insegurança alimentar e nutricional. Além disso, os dados do Fórum destacam que o avanço da fronteira agrícola do agronegócio, da forma como está sendo praticada na região do Baixo Parnaíba, viola os direitos humanos, pois intimida a população local. Fora isso, destrói o meio ambiente, tanto pelo desmatamento, quanto pelo uso de agrotóxicos, com graves riscos à preservação da integridade das bacias hidrográficas da região, com destaque para os lençóis maranhenses, o que também traz prejuízo às comunidades e moradores locais.

Suzano Papel Celulose, Vale e MPX enfrentam conflito com 5.228 famílias no MA

Imagem meramente ilustrativa
Do Blog do Bóis

A Suzano Papel Celulose, Vale e MPX estão em conflito de terra com mais de 5 mil famílias no Maranhão, segundo relatório “Conflitos no campo do Brasil”, divulgado na semana passa pela Comissão Pastoral da Terra, CPT. O levantamento foi feito com base em dados do ano passado. 


As três empresas que tocam grandes projetos no território de 331 935,507 km² do estado participam de quase metade dos conflitos com posseiros. A Suzano Papel e Celulose está implantada em quatro estados brasileiros. Além do Maranhão está no vizinho estado do Piauí, Bahia e São Paulo.


A Suzano planeja implantar duas novas linhas de produção de celulose no Maranhão com investimento de R$ 2,3 bilhões. O negócio faz parte do Plano Suzano 2024, estratégia da empresa de multiplicar seu valor até o centenário da empresa.

A empresa está envolvida em disputa de área em pelo menos treze dos 217municípios maranhenses. A área de interesse da Suzano no estado abrange 22 municípios, quase todos concentrados na região Sul onde o movimento separatista adormece no aguardo de uma decisão do Congresso Nacional.

Na capital, em ao menos três áreas de disputa com posseiros a Suzano compartilha conflitos com a MPX do multimilionário Eike Batista, responsável pela instalação de uma usina termelétrica na ilha que em setembro deste ano completa 400 anos de fundação. A Suzano pretende implantar uma base florestal de eucalipto de 60 mil hectares.

Depois de Pau Serrado, povoado de Urbano Santos, onde 280 famílias disputam a terra com uma das maiores produtoras de papel da América Latina é em Cajazeiras, no mesmo município, e em São Luís que a empresa enfrenta conflitos com o maior número de famílias de posseiros: são 250 famílias em cada. Em Baixinha quatro famílias resistem na luta pela posse da terra ou indenização digna.

Em três municípios a Vale, que tem como uma dos valores “ a vida em primeiro lugar”, está na disputa pela terra com 1.065 famílias de posseiros. No Quilombo de Santa Rosa dos Pretos, em Itapecuru-Mirim, distante 75 quilômetros da capital, 500 famílias buscam o reconhecimento da área tradicional. Em cinco quilombos do município de Santa Rita a Vale disputa área com posseiros.

Eike Batista, um dos homens mais ricos do mundo, está em contenda com 690 famílias moradoras da zona rural da ilha de São Luís. No povoado Ilhinha, na Vila Maranhão, a contenda é partilhada com a Suzano Papel e Celulose, assim como em mais duas áreas: Cajueiro e Taim. As duas abrigam 300 famílias em contenda com a empresa o poderoso Batista tentam defender o pouco que possuem.

Onde e quantos estão em conflitos da Suzano, Vale e MPX :

Anapurus - Com. Formiga - 12 famílias
Barreirinhas/Urbano Santos - Cocal e Santa Isabel - 45 famílias
Belágua - Amador - 106 famílias
Belágua - Cabeceira da Prata - 12 famílias
Belágua – Jabuti - 30 famílias
Belágua – Mendes -9 famílias
Belágua – Prata dos Bazilos - 20 famílias
Belágua – Santana dos Quirinos – 16 famílias
Belágua/Chapadinha - Com. Pequizeiro – 120 famílias
Belágua/Urbano Santos – Centro Seco – 25 famílias
Brejo/Milagres/Sta Quitéria –Com. Lagoa Seca - 40 famílias
Matões – Com. São João – 18 famílias
Matões – Com. Tanque de Rodagem/Faz. Castiça – 20 famílias
Milagres – Com. Santa Helena – 35 famílias
Parnarama – Pov. Guerreiro/Faz. Cana Brava – 72 famílias
Santa Quitéria do MA – Alto Formoso – 120 famílias
Santa Quitéria do MA – Cabeceira da Tabatinga - 35 famílias
Santa Quitéria do MA – Com. Baixão da Coceira - 20 famílias
Santa Quitéria do MA –Com. Coceira – 20 famílias
Santa Quitéria do MA – Lagoa das Caraíbas - 30 famílias
Santa Quitéria do MA – Pau Serrado - 280 família
Santa Quitéria do MA – Sucuruju - 30 famílias
Santa Quitéria do MA – Bracinho – 39 - famílias
São Bernardo – Cabeceira do Magu – 30 famílias
São Bernardo – Com. Baixa Grande - 20 famílias
São Bernardo – Com Enxu – 110 famílias
São Bernardo – Com. São José – 30 famílias
São Bernardo – Mamorana - 60 famílias
São Bernardo – Santo Antônio do Magu - 60 famílias
São Luís – Cajueiro (MPX)– 180 famílias
São Luís – Pov. Ilhinha /Vila Maranhão (MPX) – 250 famílias
São Luís – Taim (MPX) – 120 famílias
Urbano Santos – Baixa do Cocal – 40 famílias
Urbano Santos – Baixa Grande - 25 famílias
Urbano Santos –Baixinha – 4 famílias
Urbano Santos –Boa União II – 80 famílias
Urbano Santos –Bom Fim – 35 famílias
Urbano Santos – Bom Jesus - 40 famílias
Urbano Santos – Bom Princípio – 25 famílias
Urbano Santos – Cajazeiras – 250 famílias
Urbano Santos – Cajueiro - 105 famílias
Urbano Santos – Canzilo - 25 famílias
Urbano Santos – Escondido – 9 famílias
Urbano Santos – Esviva - 80 famílias
Urbano Santos – Ingar - 23 famílias
Urbano Santos – Jacu - 35 famílias
Urbano Santos – Joaninha – 25 famílias
Urbano Santos – Juçaral - 40 famílias
Urbano Santos – Lagoa das Costas - 40 famílias
Urbano Santos – Lagoinha - 40 famílias
Urbano Santos – Mangabeira/Mangueira – 105 famílias
Urbano Santos – Marçal das Onças – 30 famílias
Urbano Santos – Mato Grande – 110 famílias
Urbano Santos – Pedra Grande – 45 famílias
Urbano Santos – Santa Filomena – 30 famílias
Urbano Santos – Santana – 23 famílias
Urbano Santos – São Raimundo – 55 famílias
Urbano Santos –Serrraria - 30 famílias
Urbano Santos – Surrão - 55 famílias
Urbano Santos – Todos os Santos – 55 famílias

TOTAL DE FAMÍLIAS EM CONFLITOS - 3.473

VALE

Açailândia – Com. Piquiá de Baixo (Gusa Nordeste) – 350 famílias
Açailândia – Faz. Conquista/Acapi - 39 famílias
Itapecuru- mirim – Quil. Santa Rosa dos Pretos – 500 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Alto da Pedra – 40 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Cariongo – 30 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Mordada – 45 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Pedreirinha – 36 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Santa Luzia – 25 famílias

TOTAL DE FAMÍLIAS EM CONFLITO - 1.065

MPX

São Luís – Cajueiro (Suzano ) – 180 famílias
São Luís – Com. Camboa dos Frades - 80 famílias
São Luís – Nova Camboa dos Frades - 60 famílias
São Luís –Pov. Ilhinha/Vila Maranhão – 250 famílias
São Luís – Taim (Suzano) – 120 famílias
TOTAL DE FAMÍLIAS EM CONFLITO - 690

ANAPURUS: Escola Cabral Marques Recebe Visita da Equipe da URE/Chapadinha


Liderados pelo gestor Jânio Rocha Ayres Teles, vários membros da Unidade Regional de Educação (URE) de Chapadinha, compareceram à escola Cabral Maques, na cidade de Anapurus, na última terça feira, dia 29 de maio.



Na oportunidade, foi realizado um encontro pedagógico no qual participaram os professores da escola, as diretoras Albetiza e Maria José, além de outros funcionários. Durante a visita foram divulgadas informações sobre o andamento do ano letivo, a contratação de novos professores para preencher o quadro de docentes, que até o momento continua incompleto, projetos, entre outros assuntos.



O encontro ainda abriu espaço para o diálogo aberto. Em determinados momentos, professores e membros da regional levantaram questionamentos e puderam emitir opiniões sobre vários assuntos.





O encontro serviu ainda para que os professores ficassem ainda mais integrados com a URE e ficassem a par das recentes mudanças que envolveram professores e alunos no início do ano letivo.



ANIVERSARIANTES DO DIA!


Nos congratulamos com os ANIVERSARIANTES DO DIA! - desta quinta-feira, dia 31 de maio, em especial aos nossos leitores que ilustram nossa fotomontagem. Felicidades!


- Leila Rocha, é funcionária pública municipal, e atualmente atua como supervisora escolar, com lotação na Secretaria Municipal de Educação (Semed);


- João Fialho, segundo o mesmo descreve em sua página no Facebook, trabalha na empresa Real Assessoria e Consultoria Jurídica.


- Lincoln Nascimento, embora seja chapadinhense, mas atualmente mora na capital federal, e trabalha na Embaixada da Argélia, em Brasília.




Notícias da Paróquia de Chapadinha

1- Padre Luis Miranda (foto) e os jovens portugueses de Coimbra, Portugal, chegarão a Chapadinha no dia 28 de Julho próximo.   
 
 
Veja matéria relacionada - Clique aqui!

2- A construção da capela no bairro Recanto dos Pássaros está no radiê. Um poço que foi feito no terreno para dar água para a construção e para algumas famílias também já está completo. Ficou com dezesseis metros.

3- A capela de São Antônio (bairro Parque Independência) foi toda pintada.


4- Foram feitas as Primeiras Comunhões nas comunidades dos bairros Areal e Santa Luzia. Na sexta-feira passada (25) foram feitas no bairro Corrente e domingo (27) na Igreja Matriz no Centro, na missa das 10h. Esta semana vão preparar nos bairros da Cruz e Campo Velho. Graças a Deus, os pais, este ano, estão-se interessando mais e tudo está a correr bem. Todos os comungandos devem apresentar o batistério.

5- Dom Valdeci, bispo da Diocese de Brejo,  esteve conosco e foi marcada a administração crismal, do grupo que se prepara, para o dia 14 de Julho próximo, às 16h.
 
 
 

Reunião para Entrega do Relatório da Campanha da Fraternidade



 
Por: Pe. Manuel Neves - Pároco de Chapadinha
 
Como estava suficientemente noticiado, realizou-se o Encontro Pastoral Extraordinário, no passado sábado (19 de maio), para entregar às autoridades o Relatório do que foi refletido nos grupos durante a Campanha da Fraternidade. A presença popular não foi condizente com a importância do evento. Mas a Matriz esteve quase cheia. As autoridades estiveram presentes e a quem agradecemos: Prefeita, Secretária de Saúde e Presidente da Câmara. Lido e explicado, pelo Pirrita, o Relatório, foi constituída uma Mesa, coordenada por Leoneide, e as autoridades puderam falar.
 
 
Fotos do evento: Blog Chapadinha Online

O Paiva, Conselheiro do Conselho Municipal de Saúde, queixou-se da falta de transparência na prestação de contas, da morosidade da Justiça em dar decisões ao que lhe é proposto, deu exemplos da falta de informação ao Conselho do que é resolvido e licenciado e do mau funcionamento dos Hospitais e Postos de Saúde.
 
 
A Secretária Municipal de Saúde, Maria José Coutinho, frisou que estava contente com o que ouviu e evidenciou seus anteriores e atuais cargos que ocupa.
 
 
A Presidente da Câmara Municipal, vereadora Márcia Gomes, disse que jamais a Câmara foi omissa e que estava lá para servir o povo.
 
 
A Prefeita, Danúbia Carneiro,  falou que iria estudar o relatório, ponto por ponto, e que os recursos que recebia eram insuficientes, até porque o Hospital Antonio Pontes de Aguiar (HAPA) funciona como regional.
 
 

Ainda se receberam algumas perguntas da assembleia, mas o tempo ia adiantado. Ao encerrar o Encontro, o Pároco Pe. Manuel Neves, lamentou que um Município onde se gasta um milhão e seiscentos mil reais no Carnaval só tenha 29 mil reais para remédios, cada mês. Frisou a ausência e a falta de proximidade e de fiscalização dos serviços de Saúde da parte da Secretária, os altos preços dos aluguéis da casa de apoio em São Luís e do CRAS em Chapadinha (quatro mil reais cada mensalmente), da incompreensível centralização da administração municipal que não dá autonomia e criatividade às secretarias, da falta de um Cemitério Municipal, da necessidade de se resolver o problema da água, dos altíssimos vencimentos que alguns recebem...

Este foi o princípio de um processo que vai continuar. Ficou comprovado que não existe projeto municipal para a Saúde Pública em Chapadinha e que tudo anda como calha. A Saúde de Chapadinha precisa de mais Saúde. Os responsáveis têm que acordar para a triste e abandonada realidade em que ela se encontra. Não dá para continuar. E o Relatório vai ser enviado para São Luís e para Brasília. Queremos uma Auditoria. Vamos fazer um Dia de Luta e um Seminário com especialistas na área da Saúde, do Direito e das contas para que estejamos bem informados e possamos participar melhor.
 
 
Se os Responsáveis pela Gestão desta área não são capazes de estar mais presentes e atuantes que se demitam. A Pastoral da Saúde vai ser imediatamente fundada depois do próximo encontro do Conselho Paroquial e terá um blog para nos informar do que se vai passando.
 
 
 

Pré-Escola Jardim Cirandinha Comemora Dia das Mães!


A Pré-Escola Jardim Cirandinha, localizada no bairro Terras Duras, uma das escolas modelo da Rede Municipal de Educação que trabalha com Educação Infantil, coordenada pela Gestora Ivanilde Pontes de Sousa e pela especialista Ádila Castelo Branco Cunha de Andrade estão desenvolvendo um excelente trabalho com as crianças e, no Dia das Mães, não poderia ter sido diferente. Na fala de ambas, e nas apresentações das crianças em homenagem as mães, viu-se um show de conhecimento e criatividade.





Acompanhe através das fotos alguns dos momentos vividos durante a homenagem às mães.


Resumido. Continue lendo e veja mais fotos no Blog do Prof. Damiani
 
 

Avenida Ataliba Vieira de Almeida já está sendo recuperada


O trecho da Avenida Ataliba Almeida, de cerca de 300m de asfalto danificado, que passa em frente ao cemitério do “Sozinho”, já está sendo preparado para receber nova camada de asfalto.

 
Uma equipe de operários trabalha na regulagem do terreno desde o início da tarde desta quarta (30). Nesta sexta-feira, dia 1º de junho, será feita a imprimação. Somente na segunda-feira, dia 4, o asfalto será colocado. Enquanto isso, o trecho ficará isolado.

 
A orientação aos motoristas e motociclistas é para que busquem caminhos alternativos, a fim de evitar transtornos.

 
.......................................................................
A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Obras e, em parceria com o Governo do Estado, retomou os trabalhos de pavimentação na semana passada, e está em fase de conclusão do asfaltamento das ruas do Comércio, Cunha Machado e Sebastião Archer (Centro). Além dos trabalhos na avenida Ataliba Vieira de Almeida, está programado, também, a recuperação da avenida Presidente Vargas.

 
Praças, também, estão sendo recuperadas - Foto: Blog Ações e Destaques

 
Foto: Blog do William

 

Equipes CAMPEÃS do Colégio FAC Comemoram Classificação no JECs 2012


Na noite do último sábado (26) a equipe técnica juntamente com os jogadores das categorias Infantil (Sub 14) e Infanto (Sub 17) do Colégio Francisco Almeida Carneiro (FAC), estiveram reunidos em uma pizzaria local para comemorar suas vitórias (e classificação para a fase regional) dos Jogos Escolares Chapadinhense (JECs 2012). Presentes, o diretor presidente das equipes Chiquinho Carneiro e o técnico Patrick Macedo, e demais atletas. Confira a confraternização, em nossas fotos!



CLIQUE AQUI - para ver mais fotos!
 
 
MATÉRIA RELACIONADA*
 
 
As equipes do Colégio Francisco Almeida Carneiro (FAC) nas categorias Infantil (Sub 14) e Infanto (Sub 17) consagraram-se CAMPEÃS de futsal, nas finais dos Jogos Escolares Chapadinhense 2012 (JECs) ocorridas no último dia 24, no ginásio da escola municipal Francisco Isaías do Nascimento (CAIC). A Escola "O Pequeno Príncipe" garantiu o 2° lugar no JECS de Chapadinha.



Sendo assim, os times do Colégio FAC estão classificados e irão participar, nas duas categorias (Infanto e Infantil) nos JECS da etapa Regional. O técnico das equipes do Colégio FAC, Patrick Macedo, atribuiu a vitória à força de vontade dos estudantes e a intensidade dos treinos diários.


Os jogos escolares chapadinhenses tem um objetivo maior que é o esporte educativo, por isso a grande importância do esporte na vida desses jovens, adolescentes e crianças” - frisou Maria Coelho, secretária adjunta de Educação do município.


Os jogos do intermunicipal começarão em Chapadinha no próximo dia 30 de junho, reunindo os campeões da fase municipal, das dez cidades do leste maranhense.


Os JECs contaram com o apoio da Prefeitura de Chapadinha, por meio das secretarias municipais de Esporte e Educação (SEMED).

 
*Com informações dos blogues:

terça-feira, 29 de maio de 2012

Governo Investirá R$ 304 Milhões em Obras nos Municípios

Secretário de Estado de Assuntos Políticos, Hildo Rocha

O Governo do Estado irá investir R$ 304 milhões em obras que serão executadas em parceria com as Prefeituras municipais. Os recursos, voltados para ações nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e produção agrícola, serão repassados por meio de convênios e começarão a ser liberados a partir desta semana.


O secretário de Estado de Assuntos Políticos, Hildo Rocha, enfatizou que serão contemplados municípios que atenderam a três critérios essenciais: formalizaram os pedidos durante a realização dos Seminários Regionais de Lideranças; apresentaram os projetos a serem beneficiados e, por fim, atenderam a todos as exigências previstas em lei. “É indispensável que os municípios estejam adimplentes com o governo estadual. Sem isso ficam impossibilitados de assinar os convênios”, destacou. “Tudo é feito com transparência, conforme determina a lei”, observou.


Hildo Rocha ressaltou que a descentralização das ações do governo estadual é um antigo pleito dos gestores municipais e tem sido objeto de intensos debates durante as Marchas a Brasília em Defesa dos Municípios.


A constituição de 1988 ampliou as atribuições dos municípios, mas, os recursos necessários para que as prefeituras possam cumprir integralmente tudo que está previsto na lei são insuficientes porque praticamente permaneceram inalterados”, observou o secretário. “Isso causa um estrangulamento das finanças municipais. Dessa forma, ao firmar parcerias com as Prefeituras, o Governo do Estado ameniza essa questão, agiliza o andamento das obras e, consequentemente, contribui para o fortalecimento dos municípios”, afirmou Rocha.


Seminários

O secretário chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva, assinalou que o processo de descentralização das ações do governo ganhou impulso com os Seminários Regionais de Lideranças, projeto inovador idealizado pela governadora Roseana Sarney, realizado de maio a agosto do ano passado, nas regionais de Santa Inês, Presidente Dutra, São João dos Patos, Pedreiras, Timon, São Bento, Balsas, Imperatriz, Itapecuru-Mirim e São Luís.


Durante os eventos, o Governo catalogou 2.272 demandas. As propostas mais relevantes foram incluídas no Plano Plurianual (PPA 2012-2015). Entretanto, as reivindicações mais urgentes começaram a ser atendidas já em 2011. Este ano, o governo deu continuidade às parcerias e os novos investimentos serão efetuados, conforme previsto no planejamento do governo, aprovado pela Assembleia Legislativa do Maranhão.


Obras e equipamentos

De acordo com o secretário Hildo Rocha, os recursos serão aplicados na construção de praças, ginásios poliesportivos, estádios de futebol, quadras de esportes, pontes, estradas municipais, perfuração de poços artesianos, implantação de sistemas de abastecimento de água e pavimentação em bloquetes e asfalto.



Arquivo do blog