Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

FACSU - Faculdade Sucesso

FACSU - Faculdade Sucesso
Polo Chapadinha/MA

quinta-feira, 8 de julho de 2021

CHAPADINHA | OBMEP: SEMED Orienta Alunos que Fiquem Atentos à Aplicação dos Exames na Olimpíada de Matemática

A competição, que está em sua 16ª edição, é direcionada a estudantes
regularmente matriculados na rede pública que estejam cursando
 do 6º ao 9º ano do ensino fundamental (e do ensino médio).


Chapadinha (MA) - Quarta-Feira, 07.Julho.2021


A Secretaria Municipal de Educação de Chapadinha (Semed) comunica que estamos mais uma vez, participando das Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas e Privadas (OBMEP).

A OBMEP orienta que as escolas públicas são responsáveis pela participação de seus alunos, e desta forma não há limite para o número de alunos inscritos e todos devem ser motivados a participar. Nesse contexto, a SEMED tem se empenhado em orientar e encorajar a participação dos alunos das escolas da rede municipal de ensino, pois acreditamos que um futuro melhor está nas mãos de cada um deles.

Chapadinha: Mais de 6 mil alunos da Rede Municipal estão inscritos e  querem provar que são feras em Matemática

Pelo expressivo número de inscritos, os alunos da rede pública municipal estão mostrando que não têm medo de Matemática. São ao todo 6.094 mil estudantes preparados para participar desta 16ª edição da Olímpíada Brasileira de Matemática (OBMEP). Ao todo, serão envolvidas 44 escolas municipais, sendo 14 localizadas na Cidade (com participação de 4.408 alunos) e 30 no Campo (1.686 participantes). E tem mais: vários educadores já relataram experiências positivas que a OBMEP tem proporcionado em suas escolas, visando assim contribuir com o maior desenvolvimento dos alunos nas áreas de exatas!

De acordo com o Coordenador do Ensino Fundamental dos Anos Finais (6º ao 9º Ano - nível do alunado participante), prof. Pedro Cunha e a colaborabora profa. Cleide Nunes, os diretores escolares foram todos orientados e se empenharão, juntamente com os professores(as) na aplicação das provas, cujo ciclo se iniciou nesta quarta-feira (dia 7).

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas (OBMEP) acontece todos os anos e e a competição tem como objetivo estimular e promover o estudo matemático, a inclusão social por meio da difusão do conhecimento; e revelar talentos em todo o Brasil.

A prova, que tradicionalmente era realizada de forma presencial, devido ao atual cenário de pandemia do Covid-19 terá sua metodologia de aplicação por critério das escolas, sendo determinadas pelas mesmas se a avaliação será feita presencial ou virtual. Porém, todas seguirão as mermas regras. As escolas terão de 30 de junho a 3 de agosto de 2021 para aplicar os exames. As mudanças constam no novo regulamento e valem exclusivamente para esta edição da olimpíada, por causa da pandemia.

Vale ressaltar, que a OBMEP - a maior competição científica do país sofreu mudanças por conta da pandemia da Covid-19 e a edição que seria realizada em 2020 foi transferida para este ano. As inscrições feitas no ano passado permanecem válidas.

Premiação

Serão distribuídas aos alunos participantes medalhas de ouro, de prata e de bronze, além de  menções honrosas.

Cronograma

28 de junho a 03 de agosto: Período para realização da Prova da 1ª fase;

29 de junho a 11 de agosto: Período para as escolas enviarem os cartões-resposta dos alunos classificados para a 2ª fase, através dos Correios ou aplicativo;

09 de setembro: Divulgação dos classificados para a 2ª fase;

10 de setembro a 30 de setembro: Período para as escolas solicitarem tratamento especial (alunos sabatistas, portadores de necessidades especiais e nomes incorretos). Exclusivamente em www.obmep.org.br

15 de setembro a 23 de novembro: Período para as escolas indicarem, na página da OBMEP, os professores dos alunos classificados para a 2ª fase;

07 de outubro: Divulgação dos locais de provas. Exclusivamente em www.obmep.org.br

08 de outubro a 18 de outubro: Período para as escolas solicitarem prova em trânsito e transferência;

06 de novembro: Sábado, 14:30h (horário de Brasília) Prova da 2ª fase;

18 de janeiro de 2022: Divulgação dos premiados.

Incentivo para os Professores e Empenho dos Alunos


A Secretaria Municipal de Educação de Chapadinha (SEMED), lançou em maio deste ano o Projeto "A Escola Tá On!", que dentre os recursos oferecidos, está a plataforma, espaço virtual onde disponibiliza um vasto material de apoio didático pedagógico, aulas online, Calendário Escolar, dentre outras importâncias na área educacional.

Em relação a participação de nossos alunos na OBMEP 2021, a plataforma digital, que oferece exercícios e um grande leque de outros recursos pedagógicos pela internet, tem sido uma grande aliada na preparação, pois professores e alunos entram e fazem várias atividades. Se o aluno tiver bastante interesse isso vai ajudar até em sala de aula, porque as atividades são voltadas para o conteúdo que eles convivem no dia a dia.

Através da plataforma, a SEMED conta, também, com um programa de rádio (onde transmite aulas nas segundas, quartas e sextas-feiras, no horário de meio-dia e meio, pela Rádio Cultura FM).


No dia 20 de maio, a plataforma por meio do 'Programa Chapadinha, a Escola Tá On!', transmitiu por meio da página oficial da Prefeitura seu primeiro quadro 'Entrevista e Relatos de Experiências' (em formato de webinário) que teve como convidado especial o Prof. piauiense Antônio Cardoso que explanou os temas: Olímpiadas, ENEM e IDEB - O Caso de Cocal dos Alves-PI.

Prof. Antônio Cardoso

Durante sua participação - que contou com a interação da secretária municipal de Educação de Chapadinha, Profa. Nara Macêdo e sua equipe técnica (Professores Romildo Júnior e Cleane de Jesus), o prof. Antonio Cardoso relatou suas experiências exitosas diante dos temas abordados, destacando seu trabalho como educador e o sucesso alcançado juntamente com seus alunos em participações em competições e exames educacionais.

Equipe da SEMED/Chapadinha

Profa. Cleane de Jesus

Prof. Romildo Jr.

Profa. Nara Macêdo

Profa. Nara Macêdo

Cardoso avalia a OBMEP como uma importante forma de estimular os estudantes a se dedicarem à Matemática. “O desempenho do estudante brasileiro ainda é vista como ruim. Para muitos esta disciplina é um 'bicho papão', precisamos desmistificar isso, mudando o jeito de ensinar e de aprender”. - salientou.

Ele destaca que a excelência nos trabalhos na sala de aula estimula os alunos a participarem da olimpíada preparando campeões, trabalho esse que consiste em um aprofundamento dos estudos da Matemática, como outras técnicas a serem adotadas fora da sala de aula e até mesmo do ambiente escolar.

Outra ação exitosa, consiste em um projeto de monitoria, desenvolvido nas próprias escolas. A ideia é que alunos com melhores desempenhos na disciplina ajudem aqueles que têm dificuldade, sempre com orientação de professores.

Prof. Antonio Cardoso exibe com orgulho mimos
(camisa e caneca) recebidos pela equipe da SEMED/Chapadinha

É com orgulho que ele afirma que alunos do seu munícipio Cocal dos Alves-PI já conquistaram medalhas e muitos outros já alcançaram menções honrosas.

Durante a interação, em sua fala, Prof. Antonio Cardoso tem percebido que a Matemática vem deixando de ser vista como 'bicho de sete cabeças' e está caindo no gosto dos alunos. “É uma disciplina muito temida, mas temos alunos muito interessados, e eles estão demonstrando muito esforço e interesse”, elogia.

Hoje a SEMED conta com uma excelente equipe de educadores profissionais, desde os coordenadores, como também supervisores, gestores escolares, professores(as) e monitores espalhados por suas escolas.


Publicidade


Nenhum comentário:

Arquivo do blog