Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

sábado, 26 de agosto de 2017

Chapadinha Realiza '17ª Conferência Municipal de Saúde'

Em solenidade concorrida, foi realizado na noite deesta quinta-feira (24), no Aldeota Clube, a abertura da 17ª Conferência Municipal de Saúde.


Com o tema “Em defesa do SUS: A importância da Saúde Pública de Qualidade”, participaram da mesa de abertura o prefeito Magno Bacelar acompanhado da 1ª dama Danúbia Carneiro, a Presidente da Câmara Vereadora Vera Aguiar, o Promotor de Justiça Dr Douglas Nojosa, o representante dos usuários do SUS Oseias Filho, o Comandante da Guarda Municipal Inspetor Ferreira, o Conferencista Aristeu Marques de Almeida, as secretárias municipais Wégila Viana (Assistência Social) e Mônica Pontes (Saúde) e o procurador Dr. Lúcio Henrique.


Antes da execução do Hino Nacional e do Hino de Chapadinha foi feito uma homenagem póstuma ao Dr Sebastião Pinheiro e Manoel Barreto, falecidos esse ano e que foram conselheiros de saúde.


A secretária municipal de Saúde Mônica Pontes fez a abertura oficial da conferência e entre outras coisas enalteceu a importância do espaço de discussão promovido pela Conferência para discutir e planejar as ações a curto, médio e longo prazo.


O promotor de Justiça Dr Douglas Assunção Nojosa fez um destaque especial sobre o Sistema Único de Saúde e sua característica universal. Destacou a necessidade de otimização dos recursos públicos em tempos de crise para que os serviços não sofram prejuízos.


A ex-prefeita e 1ª dama Danúbia Carneiro fez uma retrospectiva de como o governo foi recebido e dos avanços que a atual administração já proporcionou a cidade, destacando com ênfase a manutenção da Maternidade Municipal que já é uma referência no Estado e repassou a informação de que o secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula, garantiu a entrega do Centro de Hemodiálise ainda no primeiro semestre do próximo ano.


O prefeito Magno Bacelar fez uma grande explanação sobre o delicado cenário de crise e a necessidade de otimização dos recursos para que os serviços não sofram prejuízos. Destacou os inúmeros problemas herdados de sua antecessora, da necessidade de reforma das unidades de saúde e de todo o esforço do seu governo em colocar a saúde em um outro patamar.

Na sequência foi apresentado à Comissão Organizadora da Conferência, lido e aprovado o Regimento Interno. Estiveram presentes secretários, vereadores, assessores, delegados, prestadores de serviço, usuários e a população em geral. A programação teve continuidade e término nesta sexta-feira (25).



Publicidade



Nenhum comentário:

Arquivo do blog