Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

FACSU - Faculdade Sucesso

FACSU - Faculdade Sucesso
Polo Chapadinha/MA

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

CHAPADINHA | SEMED Realiza Diálogo Coletivo para Elaboração de Proposta da Ampliação de Atividades Curriculares

Encontro aconteceu no prédio da Promotoria

Chapadinha (MA) - Sexta-Feira, 12.Agosto.2021

Por: Sousa Neto - TDICs/SEMED

Considerando a necessidade de aprofundar os debates para definir as diretrizes sobre a ampliação das atividades escolares presenciais na rede pública de ensino, a Prefeitura de Chapadinha por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) tem buscado um diálogo aberto e coletivo com as entidades e profissionais envolvidos nas ações educacionais. Na última quarta-feira (11), a convite da secretária municipal de Educação, profa Nara Macêdo, ao promotor Dr. Carlos Rafael Fernandes Bulhão, foi realizada uma reunião para tratarem sobre como deve acontecer esse processo.

Além da Promotoria, a secretária convidou também para o encontro, a presidente do SindChap, profa. Maria Lopes; e os presidentes dos seguintes conselhos: do Fundeb (profa. Cláudia Gardênia); profa Elexsandra Lima (representada pela profa Gerlane Araújo – vice-presidente do Conselho Municipal de Educação); e, prof. Manoel Reinaldo (presidente do Conselho Municipal de Alimentação Escolar).


Tendo em vista que o retorno diante do cenário pandêmico, se faz necessário uma construção coletiva entre todos os envolvidos: pais, alunos, escola, Sindicato, Ministério Público e sociedade, a secretária – que esteve acompanhada dos técnicos-pedagógicos da SEMED, professores Romildo Júnior (Superitendência de Gestão Estrátegica e de Controle da Educação Básica) e Cleane de Jesus (Superitendência de Gestão e Planejamento Técnico-Pedagógico da Educação Básica), - solicitou uma audiência.

O encontro serviu para a SEMED apresentar proposta de ampliação gradual das aulas presenciais da rede pública municipal de Chapadinha. Na oportunidade, a secretária Nara Macêdo explanou uma síntese do que vem sendo realizado nesses 8 meses de governo municipal, como: O atendimento das aulas que ficaram pendentes do ano letivo de 2020, e a forma como se deu esse processo; e também, esclarecendo o por que da proposta de ampliação: Porque o município desde o mês de março, quando deu início as aulas do ano letivo de 2021 (sendo que desde fevereiro, devido a recuperação das aulas anteriores), vem executando (realizando) o Plantão Tira Dúvidas; foi realizado ações do Busca Ativa; foi criado o Projeto "A Escola Tá ON!" (que disponibiliza uma plataforma e programas de rádio).

Plataforma "A Escola Tá ON!" - Clique Aqui

Plantão Tira Dúvidas nas escolas

Leia também:

CHAPADINHA | SEMED: Durante Pandemia, Escolas Mantêm 'Plantões Tira-Dúvidas' e Apoio Pedagógico do AEE - Clique Aqui

Secretária de Educação, a profa Nara Macêdo informou que a SEMED vem trabalhando na elaboração dos protocolos pedagógicos e sanitários que serão adotados pelas unidades escolares para a volta das atividades presenciais, e que todas as medidas necessárias para a retomada do modelo presencial estão sendo tomadas, assim como assegurou que em momento algum as escolas deixaram de ministrar aulas aos alunos da rede, sendo adotado o modelo de ensino não presencial, disponibilizando (distribuição) atividades impressas e usando todos os recursos, rádio e plataforma digitais possíveis para alcançar os alunos. Com uma ressalva de que no período de 28 de maio até 21 de junho não houve atividades não presencial.

Nara pontuou, ainda, que a escola não pode perder seu real papel que é o de promover o ensino e a aprendizagem. Mas, que é uma preocupação da Educação atender à demanda pela alimentação, que ocorre por meio da distribuição dos kits Merenda Escolar. E ainda, que há engajamento para que todos sejam vacinados.

Já queremos voltar e estamos nos preparando, mesmo que em formato de aulas híbridas e escalonamento”, reforçou Nara aos interlocutores da reunião, e salientou que a Pasta está sempre aberta ao diálogo.

Para implementação  dessas ações, se faz necessário estabelecer regras que estejam em transição; regras negociadas de forma coletiva e com segurança para todos.

DIRETRIZES CURRICULARES

A SEMED por meio das Coordenações realizou encontro de professores, diretores e supervisão nas unidades de ensino, em todos os turnos, para a entrega das Diretrizes Curriculares.



Abaixo, segue alguns registros (fotos) das entregas e estudos:

Estudo das Diretrizes no Jardim Cirandinha

Estudo das Diretrizes no Jardim Cirandinha

Estudo das Diretrizes na Pré-Escola Pingo de Gente

Estudo das Diretrizes na U.E. Cel. Joaquim Nunes

Estudo das Diretrizes na Pré-Escola Anjo da Guarda

Estudo das Diretrizes no Jardim Luís Rocha Júnior

Estudo das Diretrizes no Jardim Luís Rocha Júnior

Por fim, a secretária municipal de Educação aproveita o ensejo para seus agradecimentos. "Queremos aqui agradecer à nossa prefeita Ducilene Belezinha por não medir esforços para garantir uma educação de qualidade em nosso município, fazendo jus ao slogan da gestão municipal: "Compromisso e Desenvolvimento"; também, à toda equipe da SEMED, todos os profissionais da educação pelo esforço e dedicação, comprovando assim que sucesso é resultado de determinação, bom senso e trabalho árduo, em qualquer época, e mesmo diante de uma crise sanitária, muito mais. Afinal, é isso que ensinamos aos nossos alunos. E com esta certeza, cada um de vocês se disponibilizou a enfrentar, quebrar paradigmas e se colocar em movimento, dar o primeiro passo, mesmo sem ter todas as respostas. Nosso agradecimento se estende, também, aos pais/responsáveis, alunos e a sociedade em geral".

E complementou: - "Prontos para se reinventarem profissionalmente, diante de tamanho desafio que atingiu o mundo, a pandemia (Covid-19), cada um fazendo a sua parte, buscando alternativas para atingir cada estudante, pequeno ou grande, criança, adolescente, jovem ou adulto, entendendo que todos tem direito à educação, mesmo em tempos de quarentena. E nesse movimento, a tecnologia se mostrou uma grande aliada da educação e vocês se mostraram dispostos a aprenderem, a estudarem para atingirem os estudantes de todas as etapas e modalidades, pesquisando, indicando sites e links, preparando conteúdos para disponibilizarem em redes sociais, e outros meios digitais, para viabilizarem a realização das atividades para todos os estudantes e sem esquecerem daquele que não tem acesso".

"Com espírito de equipe venceremos esse desafio e sairemos todos transformados profissionalmente e, principalmente, como seres humanos mais solidários, humildes, fortes, criativos e persistentes" - finalizou a secretária, Profa Nara Macêdo.


Publicidade


quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Safrinha Solidária: Governo do Estado Participa de Ação nos Municípios de Anapurus e Mata Roma


Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 12.Agosto.2021

A Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), por meio do projeto Safrinha Solidária, está apoiando a produção de grãos entre famílias de pequenos agricultores na região do Baixo Parnaíba. Nos dias 31 de julho e 01 deste mês de agosto aconteceu, nos municípios de Anapurus e Mata Roma, o acompanhamento da colheita, em 300 hectares de terras, de feijão por parte de 821 famílias de comunidades carentes da região Baixo Parnaíba.

Participaram, o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Sérgio Delmiro; o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja) no Maranhão, Vilson Ambrozzi; entre outras autoridades, técnicos da Sagrima e famílias de agricultores.

A iniciativa faz parte do projeto Safrinha Solidária, em que os produtores rurais, ligados a Aprosoja Maranhão, doam sementes, fertilizantes e defensivos para as comunidades realizarem as plantações e ficam com a produção.

O presidente Aprosoja Maranhão, Vilson Ambrozzi, informou que, este ano, a perspectiva é que 4.500 famílias sejam beneficiadas. “Um programa em que o associado planta, preservando a segurança alimentar”, afirmou.

O secretário Sérgio Delmiro, reforçou a importância do agronegócio no estado. “Conhecemos o programa e vamos estar juntos, também, com o projeto Padrinho Rural. Pretendemos, em parceria com a Aprosoja, estender essa ideia para outras regiões do estado, aproximando o agronegócio da agricultura familiar e contribuindo para o combate à pobreza no Maranhão”, declarou.


Safrinha Solidária 2021

A ação acontece há 12 anos. O plantio da Safrinha Solidária 2021 ocorreu entre 10 e 25 de maio e a colheita, feita manualmente, começou no dia 16 de julho nos 300 hectares cultivados. A colheita prossegue até setembro/outubro.

Foram contempladas as comunidades Taboquinha, Mata, Barroca, Torres, Carrascão, Cajueiro, Prata, Tambor, Conceição, Cabeceira, Barrocão, Cantinho, Santa Rosa, Quebra Coco e Cruz.

As sementes são adquiridas junto a fornecedores de sementes de soja. Nesta edição, foram cultivadas 8 toneladas de sementes realizado em propriedades de agricultores familiar.

A participação dos associados da Aprosoja Maranhão no cultivo de pequenas áreas consiste na oferta de assistência técnica, insumos para melhorar o solo, máquinas próprias para plantio de alimentos como feijão, arroz, milho, mandioca e outras frutas. Foram plantados, também, este ano, 5 hectares de milho e 4 hectares de mandioca.

Padrinho Rural

Além do Safrinha Solidária, a Aprosoja Maranhão, em parceria com a Sagrima, desenvolve o projeto Padrinho Rural em propriedades de agricultores familiar que consiste na participação dos associados no cultivo de pequenas áreas, onde são ofertadas assistência técnica, insumos para melhorar o solo, máquinas próprias para plantio de alimentos como feijão, arroz, milho, mandioca e outras frutas.

Ascom / Sagrima
Fotos: Divulgação


Publicidade


CHAPADINHA | 16º BPM: Dupla é Presa com Arma de Fogo e Moto Adulterada

Material apreendido pela guarnição policial

Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 12.Agosto.2021


Na manhã desta quinta-feira (12/08), quando uma equipe da Força Tática do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizava uma barreira policial na área do Aeroporto de Chapadinha, momento em que observaram duas pessoas em uma motocicleta em atitude suspeita, que ao avistarem os policiais tentaram retornar, não obtendo êxito, que em seguida foram interceptados pela equipe Policial Militar, que ao realizarem a busca pessoal foi encontrado com o piloto da motocicleta uma arma de fogo municiada (garrucha), que os infratores foram conduzidos e apresentados na Delegacia de Chapadinha.

Contatos da PM/Chapadinha

Ao consultar a procedência do veículo, foi constatado que a moto está com o número do chassi e do motor raspado. Foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil (DPC): 01 (uma) Garrucha; R$ 65,00 (sessenta e cinco reais) em dinheiro; 01 (um) aparelho celular Samsung de cor branco; Todos apreendidos com a dupla.


Publicidade


CHAPADINHA | Referência na Região Leste, Hospital Regional (HRC) Completa 03 Anos de Assistência em Saúde

Foto: Ana Maria Sousa e Silva durante
recuperação da cirurgia de vesícula

Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 12.Agosto.2021

Ao completar três anos de assistência em saúde, o Hospital Regional de Chapadinha (HRC) alcançou quase 20 mil sessões de hemodiálise realizadas ao longo de três anos. E foi nessa mesma unidade da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) que a dona de casa Ana Maria Sousa e Silva, de 40 anos, recebeu cuidados especializados. “Consegui minha cirurgia aqui no hospital. Fui bem recebida, fiz minha operação e agora estou me recuperando”, comemora a paciente que foi submetida a uma cirurgia de vesícula na primeira semana de agosto.

Vista aérea do Hospital Regional de Chapadinha (HRC)

Assim como dona Ana Maria, centenas de maranhenses, oriundos de 27 municípios do estado, têm encontrado no Hospital Regional de Chapadinha uma assistência pública de qualidade. A unidade hospitalar é referência na região leste, oferecendo à população atendimento cirúrgico, exames, consultas médicas especializadas e serviço de hemodiálise. A unidade completa três anos de funcionamento nesta quarta-feira (11).

Tenho absoluta certeza que o Hospital Regional de Chapadinha cumpre um papel essencial para o povo maranhense. E é nesse conjunto de grande esperança que renovamos o compromisso com os avanços alcançados, a proteção a vida e o fortalecimento do SUS”, frisou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Vista aérea do Hospital Regional de Chapadinha (HRC)

O hospital, que integra a rede de saúde da SES, é gerenciado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh). “O Hospital Regional de Chapadinha cumpre um papel muito importante, garantindo acesso à saúde à população da região. Foi um dos compromissos que o governador Flávio Dino cumpriu de forma exemplar, pois, além do atendimento ambulatorial e cirúrgico, possui o serviço de hemodiálise. Um hospital completo e eficiente”, afirmou o presidente da Emserh, Marcos Grande.

Em três anos de funcionamento, foram realizadas na unidade 4.675 cirurgias, sendo 1.242 na área de ortopedia e 3.433 na área de cirurgia geral e especialidades.

O Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico registrou 275.524 exames realizados, entre eles diagnóstico de laboratório clínico (225.404), radiologia (22.816), endoscopia (9.050), ultrassonografias (7.090), tomografias computadorizadas (5.428), eletrocardiografias (1.847) e mamografias (3.889), além de 19.847 sessões de hemodiálise realizadas ao longo de três anos. E a expectativa do hospital é aumentar o número de especialidades ofertadas com a inclusão de ginecologia e pediatria.

O Hospital Regional de Chapadinha é de suma importância para essa região, ofertando a continuidade do cuidado, realizando procedimentos de média e alta complexidade, composto por uma equipe de excelência. Além de aproximar os serviços da população, diminui a espera e aumenta a resolubilidade da atenção básica e especializada ambulatorial”, destacou a diretora geral do hospital, Flávia Roberta Fernandes Marinho.

Assistência

O hospital possui 60 leitos - 12 deles de UTI -, quatro salas de cirurgia, atende pacientes de Chapadinha, Anapurus, Mata Roma, São Benedito do Rio Preto, Belágua, Vargem Grande, Urbano Santos, entre outros.

Ascom / SES MA
Fotos: Divulgação


Publicidade


AGED/UR de Chapadinha Realiza Ações de 'Defesa Vegetal' na Região


Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 12.Agosto.2021

A AGED - Unidade Regional de Chapadinha realizou levantamento fitossanitário da praga quarentenária Amaranthus Palmeri em propriedades produtoras de grãos nos municípios de Brejo, Buriti, Mata Roma e Anapurus.


Foram realizados também cadastros de propriedades rurais e fiscalizações quanto ao uso, armazenamento de agrotóxicos e devolução das embalagens vazias de agrotóxicos e afins.


O objetivo desta ação é fortalecer as produções da região e garantir a sanidade dos vegetais tão importantes para a sociedade. A equipe orientou ainda sobre a proibição da aplicação do herbicida glifosato via aérea e sobre a lavagem de máquinas e equipamentos agrícolas para evitar a entrada de pragas e doenças no Estado. Participaram da ação a fiscal estadual agropecuário Solany Domingues e o Aux. Érico Torres.



Publicidade


NINA RODRIGUES | Secretaria de Assistência Social Realiza Momento de Convivência com Equipe


Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 12.Agosto.2021

Na manhã da última terça-feira (10), a Prefeitura de Nina Rodrigues/MA por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas) realizou uma manhã de convivência com a equipe da referida secretaria.


Na ocasião, foi apresentada a equipe regional de proteção social especial (CREAS), seguido de dinâmicas em equipe com todos os presentes e planejamento semestral para os programas de proteção social básica.



O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) é uma unidade pública da Assistência Social que atende pessoas que vivenciam situações de violações de direitos ou de violências.


O momento contou com uma emocionante apresentação musical.





De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Bianca Torres a iniciativa visou proporcionar uma atividade de lazer diferenciada aos grupos dos serviços de convivência do município, promovendo socialização e fortalecendo os vínculos das equipes. “Foi um momento de interação. Todos ficaram muitos satisfeitos com o simbólico evento”, destacou.


Publicidade


CHAPADINHA | OBMEP: Escola Municipal U.I. Rosa Vieira Passos Maciel (Campo) se Destaca na Participação de Alunos


Chapadinha (MA) - Quinta-Feira, 12.Agosto.2021

Neste ano de 2021, ocorreu a 16ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) a qual tem como objetivo estimular o estudo da Matemática, contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, identificar jovens talentos, promover inclusão social e incentivar o aperfeiçoamento dos professores.

CHAPADINHA
De acordo com dados da Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Chapadinha, ao todo há 6.094 mil estudantes matriculados nesse ano letivo de 2021, distribuídos entre as 44 escolas da rede pública municipal de ensino, sendo 14 unidades localizadas na Cidade. Desse total, 4.408 alunos participam da OBMEP.

As inscrições foram feitas pelas escolas onde os alunos são matriculados, do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental, e ao final do período indicaram quantos alunos participariam da 1ª Fase da Olimpíada.

O período de realização das provas da primeira fase foi realizada de 28 de junho a 03 de agosto.


U.I. Rosa Vieira Passos Maciel

A maior competição científica do país sofreu mudanças por conta da pandemia da Covid-19, e nesta edição. O material foi disponibilizado na página restrita da instituição de ensino no site da OBMEP. Ficou a critério das escolas determinar em quantos turnos e em que formatos, presencial ou remoto. Destacamos aqui que os alunos da U.I. Rosa Vieira Passos Maciel fizeram em formato escalonado, onde todos os estudantes compareceram nos dias 19, 20, 21 e 22 de Julho.

A U.I. Rosa Vieira Passos Maciel está localizada no Povoado São José, distante 18 km da sede do município de Chapadinha-MA, e conta com uma clientela dos povoados circunvizinhos entre os mais distantes (Tamburi e Centro da Água Branca). Atualmente possui 157 alunos matriculados nas modalidade de Creche, Educação Infantil, 1º ao 5º ano (turno matutino), 6º ao 9º (turno vespertino), e EJA (turno noturno). A escola funciona em 4 salas, tendo no quadro 12 professores, 01 Gestor Geral, 01 Adjunto, 02 vigias e 01 ASGs.

A OBMEP acontece em duas fases: a primeira é composta por uma prova múltipla-escolha de 20 questões, e a segunda por uma prova discursiva de seis questões. Os exames são divididos por grau de escolaridade: Nível 1 (6º e 7º anos do Ensino Fundamental), Nível 2 (8º e 9º anos) e Nível 3 (Ensino Médio). A U.I. Rosa Vieira Passos Maciel participa com inscritos no 1º e no 2º nível.

ALUNOS DO 6º ANO


Criada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) em 2005, a OBMEP é realizada com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC).

Vejam mais fotos do registro do primeiro dia de aplicação de provas do 1º nível.


ALUNOS DO 7º ANO






ALUNOS DO 8º ANO







ALUNOS DO 9º ANO








*Contribuição do Blog da Escola


Publicidade


Arquivo do blog