Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

sábado, 9 de outubro de 2010

Hoje tem show de Wanderley Andrade no Espaço BCC


O visual continua o mesmo - cabeleira pink com mechas coloridas, roupas exóticas com fivelas e broches pendurados, arrematado com uma bota de cano longo - mas o cantor e compositor Wanderley Andrade mudou e muito desde que se projetou para fora do Pará, onde iniciou sua carreira musical. Gravou oito CDs e dois DVDs e atingiu a marca de mais de dois milhões de cópias vendidas, em plena era da pirataria. Conhecido como um dos precursores dos ritmos Melody e Calypso no país, Wanderley Andrade estará em Chapadinha, neste sábado (9) para apresentar ao público chapadinhense algumas músicas de seu novo trabalho, depois de três anos sem gravar. O show será no recém-inaugurado ESPAÇO BCC, a partir das 22h.
Moraes (Bloco BCC)
No repertório do show de hoje, o cantor vai mostrar para o público chapadinhense canções do novo trabalho, todas com a assinatura do artista, letras românticas de compositores paraenses no mais autêntico melody.

O show de Wanderley Andrade vai mais longe. Quase sempre, além de suas composições, o artista surpreende o público com hits internacionais, que podem ir da banda de rock Pink Floyd a Frank Sinatra, passando por ritmos bem brasileiros como o brega do cantor Reginaldo Rossi.

A diversidade musical mostrada no palco, pode ser explicada pelas influências recebidas ao longo de sua carreira, inspiradas nos sons ouvidos desde muito cedo dos discos dos Beatles, Elvis Presley, Whitesnake, Trepidants, Moreira da Silva, Reginaldo Rossi e Paul Anka, entre outros. A habilidade com a língua inglesa, inclusive lhe rendeu um Dvd com músicas internacionais do porte de 'Sultans of Swing', 'How Deep Is Your Love', 'Don’t Cry' e 'Lady Writer'. 'Foi um dos meus trabalhos que mais fizeram sucesso e vendeu bastante', diz.
ESPAÇO BCC - Palco do grande  Show de hoje

Assim como fez em trabalhos anteriores, como em 2005, quando viajou em uma turnê internacional (daí a denominação para o título do show de hoje), passando por vários países como o Japão, Estado Unidos, Inglaterra e parte da America Latina, Wanderley vem divulgando seu novo trabalho no Brasil, e pretende mostrá-lo para o público de outras línguas.

Além do melody, Wanderley mergulha fundo no chamado 'calypso universitário', que ele mesmo faz questão de explicar. 'São composições temática para um ritmo. As batidas são as mesmas, o que muda é a temática, são mais universais', diz.


Com informações da Assessoria

Nenhum comentário:

Arquivo do blog