Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

sábado, 5 de março de 2011

Nossas Congratulações!

Dentre os ANIVERSARIANTES deste sábado, dia 5, em nome deste blog, quero congratular-me com esses três amigos: William Fernandes, Henrique Lôbo e Dj. Fabiano Mix, pela passagem de seus aniversários! Considero-os amigos, pois nossos laços de amizade são muito boas, e os admiro e estimo muito, até porque, sempre estamos em contato, tratando de assuntos familiares e profissionais.

° William Fernandes (Aniversaria neste sábado, dia 5) - Uma referência no jornalismo chapadinhense. Considero-o um grande profissional como radialista, repórter, homem público (atualmente é Assessor de Comunicação da Prefeitura Municipal de Chapadinha) e... Blogueiro!

° Henrique Lôbo (Aniversaria neste sábado, dia 5) - Grande baluarte, no que diz respeito ao incentivo ao esporte chapadinhense, mais precisamente na modalidade Basquete. Recentemente, idealizou e fundou a Equipe de Basquete de Chapadinha!... Viva!!!

° Dj. Fabiano Mix (Aniversaria neste domingo, dia 6) - Tive o prazer de trabalhar ao lado deste grande profissional na extinta Rádio Aldeia FM. Atualmente, ele trabalha no Sistema Difusora de Comunicação, na capital São Luís. 

Em homenagem aos três amigos, trancrevo o poema abaixo, de autoria do chapadinhense, Profº Robson Júnior:

aplausos"Há quem ignora os aplausos. Ignora-os porque não foi dirigido em sua direção. Nem todos merecem aplausos. Qual o significado do aplauso? Pra que serve? Tem caráter crítico? É convite e/ou agradecimento. Os aplausos são indiretos e diretos. Dão vida, vibração e contemplação. Resposta do gosto, da admiração diante da beleza que surge de alguém.

Há olhares voltados para os formalismos eventuais. Há privilégios e preconceitos em distribuir aplausos. Misterioso e conservador.

O grande mestre do cinema mudo Charles Chaplin já dizia: "A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”.

Aplaudiremos as coisas boas; coisas que exprimem fé, esperança e caridade.

Certa vez, o ex-presidente Lula disse que: “Temos que aprender a gostar dos aplausos tanto quanto das vaias”.

No palco da vida quem não é aplaudido será vaiado. Portanto, é preciso assumirmos bem o nosso papel de protagonistas da história que pretendemos construir".

(Robson Júnior Silva - Visite o Blog Linguagens & Rotinas )

Nenhum comentário:

Arquivo do blog