Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

segunda-feira, 15 de março de 2010

Chapadinhenses Sofrem com a Falta de Abastecimento de Água

Descaso de autoridades e urbanização descontrolada afetam fontes de reservatórios que abastecem a população. Chuvas não evitam escassez
Ao contrário do ano passado no período de inverno, neste, a falta de chuvas tem preocupado os chapadinhenses: desde o ínicio do ano que não chove regularmente. E para completar o estado crítico, desde o último sábado (13), os chapadinhenses sofrem com a falta de abastecimento de água fornecida pela Caema.
Na foto à direita: a barragem da Itamacaóca, que abastece Chapadinha.

Os problemas de falta de água não serão resolvidos com as chuvas que poderão cair. A escassez não é somente conseqüência do clima, mas resultado da ineficiência da rede de abastecimento e da poluição de mananciais — que são fontes naturais de captação.

Há três dias sem uma gota de água nas torneiras, os chapadinhenses protestam. ‘‘O chão está rachando de tanto calor e as pessoas não podem nem tomar banho. Parece que estamos no sertão’’ reclama um morador do bairro Campo Velho.

A direção da Unidade de Negócios da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) em Chapadinha, até o momento não se manifestou para esclarecimentos sobre o problema que atinge todos os bairros da cidade.

A informações que temos é de que o nível de água da barragem da Itamacaóca está muito baixo e se as chuvas não começarem a cair, esse nível poderá alcançar um estado crítico.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog