INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Star Drinks

Star Drinks

Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

Posto Ipiranga / Chapadinha

Posto Ipiranga / Chapadinha

terça-feira, 25 de abril de 2017

Aged Realiza Operação “Carne Forte” em Chapadinha, Brejo e Outras 08 Cidades Maranhenses



A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), por meio do Setor de Trânsito, em parceria com as Polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar (PM), realizou a Operação “Carne Forte”, cujo alvo foi o transporte de carne e derivados, de forma geral. Realizada em nove pontos estratégicos nas BRs 135, 316, 222, 010 e 230, nos Postos da Polícia Rodoviária Federal nos Municípios de São Luís, Santa Inês, Açailândia, Porto Franco, Peritoró, Araguanã, Caxias e Itapecuru Mirim, e na MA 234, nos municípios de Brejo e Chapadinha.

Publicidade
Tal iniciativa se deu considerando o atual cenário nacional que envolve preocupação especial com a qualidade da carne consumida pela população e o risco à saúde pública, com o intuito de garantir a oferta de produtos de qualidade e preservar a saúde pública da população Maranhense. Além da Operação “Carne Forte”, foram planejadas para o mês de abril, cerca de 159 blitzen em todo o Estado, a serem executadas pelas Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (ULSAV) da Aged.

Em quase 48h de operação, foram fiscalizados um total de 257 veículos; entre carros de passeio, veículos utilitários, caminhões frigorificados, boiadeiros, ônibus e vans. O saldo da operação: 1.600 kg de pescado (matéria prima), 324 bovinos, 13.770 aves, 06 equinos, 37.142 kg de carne bovina com osso, 14.220 kg de carne bovina sem osso, 2.200 kg de cortes de frango; 10.081 kg de miúdos bovinos; 320 kg de miúdos suínos e 83.242 kg de leite e derivados fiscalizados.


Apesar do alvo principal da operação ter sido o transporte de carne e derivados, durante as abordagens, foi aplicado no Posto da PRF em Caxias-MA 01 auto de infração, acompanhado do auto de apreensão e inutilização de 224 kg de nata de leite e queijo ralado, que estavam sendo transportados na carroceria de um veículo utilitário (foto acima), sem qualquer tipo de acondicionamento, além dos produtos não terem origem comprovada ou qualquer tipo serviço de inspeção. Os produtos foram incinerados e o condutor devidamente autuado.

O Presidente da Aged, Sebastião Anchieta, destacou a importância dessas operações para a garantia da segurança alimentar da população maranhense. “Esta foi uma ação desenvolvida para controle e fiscalização dos produtos e subprodutos de origem animal, de fundamental importância, especialmente em relação a fiscalização de carnes, sendo uma forma de assegurar alimentos sadios na mesa dos maranhenses.” Disse.


A Fiscal Estadual Agropecuária, Michelle Lemos, comemorou o resultado desta operação e garantiu a continuidade destas ações durante todo o mês de abril. “Comemoramos o resultado dessa Operação, com números satisfatórios. Em apenas dois dias de fiscalização intensa não registramos transporte de carne clandestina, ou seja, de animais abatidos em estabelecimentos sem serviço de inspeção oficial, nem qualquer apreensão por mau acondicionamento. Durante todo o mês de abril estaremos dando continuidade às fiscalizações.” Afirmou.


Publicidade



Postar um comentário

Arquivo do blog