Star Clinic

Star Clinic

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Presidente da Câmara é “reempossada” prefeita de Mata Roma

Nova confusão em Mata Roma. O grupo do prefeito cassado Lauro Pereira Albuquerque, o Grachal (PDT), aliado de Aderson Lago (Casa Civil), resolveu na manhã desta sexta-feira (9), “reempossar”, mesmo sem nenhuma decisão judicial, a presidente da Câmara de Vereadores, Raimunda Nonata Ferreira Diniz, a Nata (PDT), na prefeitura. A polícia e até o helicóptero do GTA foram mobilizados para evitar tumulto na cidade. Nata quer ocupar o prédio da prefeitura. As duas “prefeitas” despacham em salas distintas no prédio.
Na última quinta-feira (8), o TRE começou a julgar um recurso em cima de outro recurso ajuizado pelos advogados Abdon Marinho e Rodrigo Lago, filho de Aderson, tentando voltar Grachal (na foto sentado ao centro de camisa branca) ao cargo. O juiz Luiz Gonzaga voltou favorável à medida seguindo entendimento da procuradora eleitoral substituta Carolina da Hora.
Na presidência em exercício da Corte, a corregedora Nelma Sarney pediu vista do processo argumentando que o TRE deveria esperar a remessa dos autos de Mata Roma do TSE para evitar tomar uma decisão agora no sentido de provocar nova confusão no município. De acordo com ela, a determinação do TSE era de quem fosse diplomado tomasse posse. Foi justamente o que ocorreu em Mata Roma onde a mulher do deputado Paulo Neto, Carmem Neto (PSB), foi diplomada. Grachal chegou também a ser diplomado, mas o documento foi cassado pela Justiça Eleitoral.
Em novembro passado, o ministro Joaquim Barbosa cassou liminarmente o diploma do pedetista. Posteriormente, a Corte superior decidiu mandar os autos para o tribunal regional julgar o caso novamente. Apesar de estar há mais de uma semana no cargo, Carmem Neto ainda não conseguiu acessar os extratos da conta da prefeitura no Banco do Brasil de Chapadinha.
O deputado Paulo Neto (PSB) desconfia que por trás dessa dificuldade esteja o próprio Grachal e membros do Governo do Estado interessados em evitar o vazamento de informações sobre a liberação de convênios para o município nos últimos anos. O advogado Márcio Endles deve ajuizar ainda nesta sexta-feira (9), ação contra o gerente do Banco do Brasil no sentido de obrigá-lo a liberar os extratos das contas.

Blog Décio Sá - Imirante.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog