Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

terça-feira, 29 de agosto de 2017

CHAPADINHA - HAPA: Quase 30 Cirurgias - Os Números em uma Semana...

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

Da Ascom/SEMUS (Fanpage/Facebook)

Um levantamento dos diversos procedimentos executados no Hospital Antonio Pontes de Aguiar – HAPA, em apenas 01 (uma) semana, mostram a grandiosidade da prestação de serviço que esta unidade hospitalar presta a Chapadinha e região.

No período compreendido entre 20 à 27 de agosto, só de cirurgias envolvendo os médicos Dr Carlos, Dr Charles, Dr Leandro Sá, Dr Miguel, Dr Raimundo, Dr Valden Monteles e a anestesista Dra Narja, foram realizados exatos 29 (vinte e nove) procedimentos, dentre os quais hernioplastia, histerectomia, plástica em Z em olho esquerdo, uretrotomia interna, laparatomia, perineoplastia, nódulo de mama e apendicectomia.

Foram 96 internações (62 adultos/ 34 infantil), 115 ficaram em observação (94 adultos/ 21 infantil), 17 consultas com cirurgiões, 43 exames de ultrassonografia, 418 verificação de pressão, 03 cateterismo vesical de alívio, 05 cateterismo vesical de demora, 152 curativos grau II, 04 dosagem de insulina, 41 glicemia capilar, 29 inalação/ nebulização, 03 redução de luxação, 03 retirada de corpo estranho de ouvido/ nariz, 06 retiradas de pontos de cirurgias básicos, 03 transfusão de concentrado de hemácias e 17 transferências de pacientes Chapadinha/ São Luís.

Na área dos atendimentos foram 1.504 no Serviço de Pronto Atendimento – SPA, 42 atendimentos ortopédicos, 34 atendimento ginecológico, 146 atendimento psicossocial (89 visita de leitos/ 17 atendimento de paciente externo/ 39 autorização de refeição para acompanhantes e 01 encaminhamento), 1.102 atendimento clínico, 547 administração de medicamentos na atenção especializada, 42 atendimento de urgência com observação em atendimento de 24 horas em atenção especializada, 672 atendimento de urgência em atenção especializada e 13 atendimentos ortopédico com imobilização provisória.

Reginaldo Corrêa
De acordo com o Diretor Geral do HAPA Reginaldo Corrêa, todo esse atendimento só tem sido possível graças ao compromisso do governo em colocar a saúde como prioridade.

Em tempos de crise uma estrutura de atendimento como essa só é possível quando há vontade política, determinação da equipe e a logística necessária para que o atendimento seja eficiente. Não vamos negar que são muitos os desafios mas não nos falta vontade e empenho para construir uma saúde melhor e mais humanizada”, disse ele.

Todos esses dados são necessários para que se tenha a dimensão do que a equipe do HAPA tem feito para garantir atendimento de qualidade aos chapadinhenses e região.



Publicidade



Nenhum comentário:

Arquivo do blog