Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

FACSU - Faculdade Sucesso

FACSU - Faculdade Sucesso
Polo Chapadinha/MA

quarta-feira, 10 de abril de 2013

CHAPADINHA: Município Concentra um dos Maiores Rebanhos de Caprinos do Estado (MA), Segundo Levantamento da Aged

 
 
Para dar apoio à criação de caprinos e ovinos no Maranhão, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima) está reestruturando a Câmara Setorial da cadeia produtiva de ovinocaprinocultura. A primeira ação neste sentido aconteceu, na última terça-feira (9), em uma reunião ordinária de reativação da Câmara Setorial realizada na Agência Estadual de Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Agerp), com a presença de representantes de várias entidades governamentais e privadas ligadas ao setor pecuário.
 
 
Câmara Setorial discutirá estratégias de fortalecimento da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura no Estado, que concentra um rebanho de mais de 200 mil cabeças
 
O objetivo do evento foi levantar demandas e problemas enfrentados pelos diversos setores ligados à atividade, e discutir estratégias para fortalecimento e desenvolvimento da cadeia produtiva no Estado.
 
De acordo com o superintendente de Planejamento de Políticas de Desenvolvimento Rural da Sagrima, Artur Soares, a criação de caprinos e ovinos no Maranhão tem potencial importantíssimo para o desenvolvimento do Estado. “Pesquisas realizadas pelo Sebrae, enquanto executava o Programa de Arranjos Produtivos Locais do Estado, já apontavam uma concentração do rebanho ovinocaprino nas Regiões Leste, Norte e Oeste do estado, mostrando uma presença em quase 80% do território maranhense. Daí já podemos avaliar a importância dessa atividade para a pecuária local”, explica o superintendente.

Segundo dados da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Maranhão (Aged-MA), órgão vinculado à Sagrima, em levantamento feito no final do ano passado, o rebanho de ovinos e caprinos do Maranhão chega a quase 272,3 mil cabeças. Só os municípios de Chapadinha e São João dos Patos concentram, cada um, rebanhos de mais de 17 mil cabeças de caprinos. O maior rebanho de ovinos está em Imperatriz, onde são criados quase 27 mil animais.
 
Artur Soares informou que a Câmara Setorial funcionará como um fórum para discutir soluções e estratégias de desenvolvimento do setor. “Será uma instância de validação e qualificação de políticas públicas, um espaço de cooperação multi-institucional, intermediando ações que beneficiarão os criadores envolvidos nessa atividade”, complementou.
 
Durante o encontro, foi eleito o novo presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Caprinos e Ovinos. O empresário e presidente do Núcleo de Caprino e Ovino do Maranhão, Zilmar Valença foi o escolhido. “Estou aqui para ajudar no pleno funcionamento da cadeia produtiva com muito trabalho e empenho para que ela possa produzi. E isso só é possível com a ajuda e participação de todos”, declarou.
 
As instituições públicas e privadas eleitas para fazer parte da Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos foram: Associação dos criadores do Estado do Maranhão; Bancos do Brasil, do Nordeste e da Amazônia; Sebrae; Codevasf; Embrapa Cocais; Inagro; Uema; Aged; Agerp; Mapa; Faema/Senar; Cemar; Conselho Regional de Medicina Veterinária; Sindicatos de Peritoró e de Imperatriz; Associação de Criadores de Vargem Grande; Ufma de Chapadinha; Laboratório Cernitas; Casa do Fazendeiro; e Associação dos Criadores de Chapadinha.
 
 
 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog