Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Chapadinha Gás - Liquigás

Chapadinha Gás - Liquigás

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

No Feriado de Carnaval, Prefeita e Secretário de Saúde Vistoriam Postos da Zona Rural

 
Por: ASCOM/PMC
O Governo Municipal tem trabalhado até nos feriados para solucionar vários problemas, especialmente aqueles que causam insegurança para quem reside no interior do município. A segunda e terça-feira de carnaval (11 e 12) foram de muito trabalho para a prefeita Ducilene Belezinha e o secretário de Saúde, Dr. Charles Bacellar que percorreram pouco mais de 200 quilômetros da zona rural para averiguar a situação dos postos de saúde, deixados pela gestão anterior.

No roteiro, os povoados: Maceno, Estrela, Uncurana, Varjota, Manoel Lopes, Barroca da Vaca, Malhada dos Franceses, Cajazeiras dos Douros, Nina, Conceição, Escondido, Capinal e Água Fria.

A prefeita e o secretário ficaram surpresos com o que encontraram pelo caminho. Postos de Saúde totalmente desestruturados, fora dos padrões do Ministério da Saúde, que funcionaram apenas temporariamente (no período eleitoral) e obras inacabadas que tiveram inicio em junho e pararam depois das eleições.

Dos treze postos visitados, apenas três funcionam em sede própria, e mesmo assim sem estrutura adequada e com ausência de materiais permanentes (cadeiras, macas, mesas, armários, etc) e materiais hospitalares, armazenados indevidamente. Os demais funcionam na residência dos próprios auxiliares de enfermagem, escolas e até capelas, sem condições básicas de atendimento, com risco de contaminação tanto para o profissional quanto para o paciente.

Uma verdadeira calamidade, essa foi a expressão da prefeita ao se deparar com a situação. “Desumano. Não há outra palavra para traduzir o que vemos. Postos sem condições de receber paciente, materiais expostos, armazenados em recipientes inadequados. Nem remédio tem, somente gases e algodão para fazer um curativo, que acaba ficando até mal feito”- declarou ela.

“Aqui vai se arrastando, só tem remédio para curativos e retirada de pontos. Um médico passou por aqui ano passado durante o período da campanha eleitoral. Há muito tempo não víamos prefeito por essas bandas, a Belezinha é a primeira nos ultimos 12 anos" - disse a moradora do povoado Conceição, dona Ironeide da Silva Mesquita, responsável pelo atendimento no posto de saúde daquela região.
 
 
Dr. Charles ressaltou a importância da promoção da saúde na zona rural, e disse que com base nesse levantamento a secretaria irá preparar ações que contemplem todas as comunidades. "Estamos conhecendo a realidade desses moradores, que sofreram com o abandono. Mas a nossa meta é proporcionar a todos um atendimento igualitário, digno e humanizado" - afirmou.

Belezinha e Dr. Charles Bacellar aproveitaram o momento para conversar com as comunidades, e ouvir dos moradores as necessidades de cada povoado. Prefeita e secretário estavam acompanhados da secretária adjunta, Valnice Menezes, a coordenadora de atenção básica Marjorie Mesquita, Isamara Meneses, Isaías Fortes e equipe de comunicação.
 
RELATÓRIO
 
SEGUNDA-FEIRA (11/02)

POVOADO MACENO (18 KM)
Animais usando a água no poço, obra inacabada (só piso) nunca foi médico. Os trabalhos começaram durante o período eleitoral e foram abandonados.

POVOADO ESTRELA (7,5 KM)
Só há um buraco de onde seria o poço. Só são feitos serviços de curativos. Nunca teve equipe atendendo.

POVOADO UNCURANA (35 KM )

Em doze anos, funcionou apenas por dois dias no período eleitoral. No local há mesa, cadeira, cama. O banheiro está quebrado, não tem lâmpada. Apenas serviços de curativos.

POVOADO VARJOTA ( 13 KM )
P. S. Angelina P. Cabral. Fechou no mês de dezembro. Uma casa alugada pelo valor de R$ 450,00, que há quase um ano não era pago. Atendia à Vila Pandoca, Tabuleiro Batista, Matinha, Bacaba. Um enfermeiro fazia atendimento.

POVOADO TABULEIRO DOS BATISTAS (5 KM)
Foi pensado um novo local para atender a comunidade para substituir o antigo posto do povoado Varjota.
 
POVOADO MANOEL LOPES (12KM)
O local foi construído ainda no governo Isaías. Hoje se transformou abrigo para porcos. O atendimento era feito em uma capela do povoado. O enfermeiro só apareceu no período eleitoral. Há pouco mais 12 anos o posto funciona na capela em condições de risco.

Apenas serviços de curativos e retirada de pontos. Atende aos povoados: Vila Nova, Atoleiro, Palmeiras, Boca da Mata, Formiga, Piancó e Cumbre.

TERÇA-FEIRA (12/02)

POVOADO BARROCA DA VACA (15 KM )
Conversou com os moradores para encontrar um local para funcionar um posto de saúde.

POVOADO MALHADA DOS FRANCESES (5 KM)
PS Antônio M. Francês. Em boas condições de uso. Foi inaugurado em 23/06/12 e funcionou apenas por dois meses.

POVOADO CAJAZEIRA DOS DOUROS (4 KM)
Há dois anos funciona na casa de um morador.

POVOADO NINA (13,5 KM)
Só funcionou durante o período eleitoral, o prédio onde era realizado o atendimento hoje serve para garagem de moto.

POVOADO CONCEIÇÃO (12 KM)
O posto funciona em uma casa de taipa. Lixo hospitalar em condições inadequadas de armazenamento. Vasilhas improvisadas para depositar os remédios. Atende aos povoados Bom Princípio, Gavião e Santa Rita.
 
POVOADO ESCONDIDO (16 KM)
A unidade não tem nada. Atende aos povoados Bacabal, Tutanguira, Poção, Deserto e Bagaça. Funcionou apenas do mês de julho a setembro.
 
POVOADO ÁGUA FRIA (15 KM)
O posto funciona de maneira improvisada dentro da Unidade Integrada Manoel Ferreira da Costa, há mais de 12 anos. Tem técnica em enfermagem, mas apenas atendimento básico. Atende aos povoados: Genipapo, Arueira, Jacaré, Madeira Cortada, Bacaba.

POVOADO CAPINAL (11 KM)
Posto improvisado dentro da casa de uma moradora que é auxiliar de enfermagem.
 
Confira as imagens (clique-nas para ampliá-las):

Nenhum comentário:

Arquivo do blog