Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

FACSU - Faculdade Sucesso

FACSU - Faculdade Sucesso
Polo Chapadinha/MA

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Vítima de Acidente Não Resiste e Morre Antes de ser Transferida para SL

O homem que sofreu um acidente na MA-230 próximo à Pousada Ambrosiano, no início da madrugada desta sexta-feira (27), em Chapadinha, morreu 50 minutos depois, em função da gravidade dos ferimentos.


Até o fechamento desta matéria (00h56), ainda não havia comparecido ao HAPA (Hospital Regional Antonio Pontes de Aguiar) nenhum parente da vítima, que continua sem identificação.
HAPA pede ajuda para identificar vítima

Funcionários do HAPA pedem a quem souber de quem se trata a vítima, que informe aos familiares, pois o corpo encontra-se no necrotério do hospital, sem identificação.


(Um funcionário do HAPA disse que o achou parecido com um pintor, mas não sabe o nome. Outra pessoa que o olhou na sala de emergência disse que pode ser um homem que mora para os lados da Bairro Angelim.)


Saiba mais sobre o acidente:

Um homem, até o momento não identificado, aparentando ter entre 30 e 35 anos de idade, foi conduzido por uma guarnição da Guarda Civil Municipal ao HAPA, após sofrer um grave acidente de trânsito, na MA-230, próximo à Pousada Ambrosiano, no Bairro Boa Vista, em Chapadinha.


O acidente ocorreu por volta da meia-noite de quinta (26) para sexta-feira. A vítima, que está desacordada, quebrou vários dentes, teve um profundo corte na cabeça e está sangrando bastante pelo ouvido direito, além de respirar com muitas dificuldades e apresentar muitas raladuras e hematomas nos braços, ombros e abdômem.


ATUALIZAÇÃO AS 10H06 DESTA SEXTA-FEIRA (27)
 
Corpo é Reconhecido e Aguarda Familiares

Foi identificado na manhã desta sexta-feira (27), o corpo do homem que morreu vítima de acidente de moto, ocorrido no início da madrugada desta sexta-feira, na MA-230, em frente à Pousada Ambrosiano.

Trata-se do lavrador de nome Genival, de aproximadamente 40 anos, morador do povoado Deserto.

O corpo foi identificado por Zeca Tibério, proprietário das terras onde Genival morava. Zeca já enviou uma pessoa ao povoado para levar a informação aos familiares. A vítima tem parentes que moram no bairro Areal.

Tibério disse que a esposa de Genival é aposentada e recentemente fez um empréstimo para comprar uma moto usada. "Ainda pedi a eles que comprassem uma casa em vez da moto, pois o Genival gostava muito de beber e eu sabia que era perigoso, mas infelizmente eles não me ouviram", lamentou o patrão da vítima.
 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog