Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

FACSU - Faculdade Sucesso

FACSU - Faculdade Sucesso
Polo Chapadinha/MA

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

SBRP | Em São Luís, Prefeito Wallas Rocha Recebe Quase 700 Cestas Básicas para População Carente


Chapadinha (MA) - Sexta-Feira, 15.Outubro.2021

O município de São Benedito do Rio Preto/MA foi contemplado com 675 cestas básicas do projeto ‘Municípios: Prato Cheio para o Desenvolvimento’, realizado pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM).



O prefeito Wallas Rocha recebeu os kits alimentação em solenidade realizada nesta quinta-feira (14), na sede da Famem, em São Luís. O gestor agradeceu a iniciativa da entidade municipalista e destacou a importância dos alimentos para a população de São Benedito do Rio Preto, especialmente a mais vulnerável.

Ficamos muito agradecidos pelo nosso município ser um dos contemplados com essas cestas básicas que muito vão contribuir para amenizar um pouco as necessidades das pessoas mais carentes da nossa cidade”, disse.


Prato Cheio

O projeto ‘Municípios: Prato Cheio para o Desenvolvimento’, promovido pela Famem em parceria com a CNM, entregou nesta quinta-feira (14), 14 mil cestas básicas para 25 municípios maranhenses, na primeira fase da ação.

Os kits alimentação serão doados para famílias em situação de vulnerabilidade social dos 50 municípios maranhenses com menor IDH e com população abaixo de 50 mil habitantes. A iniciativa vai contribuir para amenizar as dificuldades de alimentação enfrentadas pelos munícipes em decorrência da crise econômica e sanitária causada pela pandemia da Covid-19.


O presidente da Famem, Erlanio Xavier, destacou a importância das cestas básicas no momento de crise que todo o país passa e, principalmente, pelo Maranhão ainda contar com muitos municípios que tem um baixo IDH. Erlanio também ressaltou o esforço da Federação para garantir um número maior de municípios beneficiados.

Os recursos que recebemos somente daria para contemplar 20 municípios maranhenses com o projeto. Mas nós sabemos que o Maranhão tem muito mais municípios com baixo IDH. Infelizmente essa ainda é a realidade. Por isso, a Famem entrou com um complemento e conseguimos beneficiar 50 municípios com os kits de alimentação, que serão muito úteis nesse período difícil que estamos passando”, pontuou.


O projeto conta ainda com o apoio do Banco do Brasil, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), Associação Brasileira dos Captadores de Recursos (ABCR), Fundação Hermann Hering e Sebrae.

*Com contribuição do Blog do Gildean Farias


Publicidade


Nenhum comentário:

Arquivo do blog