Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Hortifruti Fernandes

Hortifruti Fernandes
Travessa 15 de Novembro - Centro (ao lado da extinta Escola Amélia Almeida / Semáforo)

Star Drinks

Star Drinks

Posto Ipiranga / Chapadinha

Posto Ipiranga / Chapadinha

terça-feira, 18 de julho de 2017

Hildo Rocha Volta a Cobrar Pressa para a Conclusão do Hospital Regional e Centro de Hemodiálise em Chapadinha


O deputado federal Hildo Rocha voltou a cobrar o reinício da construção do Centro de Hemodiálise de Chapadinha. A obra foi iniciada ainda no governo de Roseana Sarney. “Não há motivos, nada explica a paralisação da obra. Os recursos foram adquiridos pela governadora Roseana Sarney, por meio de empréstimo junto ao BNDES. Ela iniciou a obra e deixou o dinheiro em caixa, R$ 2 milhões e 400 mil. Mas, em quase três anos de governo a única ação que Flávio Dino fez foi colocar placa com logomarca do governo comunista. Esse foi o único avanço”, destacou o parlamentar.

O drama de pacientes da região que precisam fazer hemodiálise repercutiu nacionalmente por meio de reportagem da TV Globo. A matéria mostrou o sofrimento de idosos que precisam se deslocar para São Luis, pelo menos duas vezes por semana, em busca de tratamento.

Hospital Regional

A demora na conclusão do Hospital Regional de Chapadinha também foi questionada por Hildo Rocha. O parlamentar disse que Roseana Sarney deixou a obra com 85% feita. “Já se vão quase três anos do governo Flávio Dino e o empreendimento não é concluído. Levei o caso ao conhecimento do BNDES, mostrei às autoridades da instituição que a obra anda a passo de tartaruga. Pelo cronograma já deveria estar funcionando desde agosto de 2015. Não tem justificativa, é apenas maldade, desrespeito, descaso do governador Flávio Dino com a população maranhense, principalmente com os moradores da região do baixo Parnaíba”, disse Hildo Rocha.

Em setembro do ano passado (2016), o deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) usou a tribuna da Câmara Federal para, mais uma vez, mostrar a precariedade dos serviços públicos de saúde oferecidos pelo governo do Maranhão. Ao comentar sobre reportagem do Jornal Nacional, da Rede Globo, Rocha classificou a situação como “realidade cruel”.

A reportagem citada pelo deputado, exibida no dia 23 de agosto de 2016, mostrou o drama vivenciado por pacientes que são forçadas a se deslocarem para São Luis, em dias alternados. Rocha enfatizou que além do sofrimento ocasionado pela doença, as viagens são longas e desconfortáveis. “A Globo mostrou o sofrimento do Sr. Pedro, morador de Chapadinha, que dia sim, dia não, acorda as três da madrugada para enfrentar uma viagem que dura em média cinco horas, para ida e cinco para a volta”, lamentou Rocha.

Sofrimento – O deputado enfatizou que o drama vivenciado por pessoas que necessitam fazer hemodiálise ocorre por negligência do governo Flávio Dino. “A governadora Roseana Sarney iniciou a construção de seis centros de hemodiálise, mas o governador Flávio Dino parou as obras. Enquanto isso, as pessoas estão sofrendo”, declarou. 

Recursos assegurados – Hildo Rocha destacou ainda que os recursos para a conclusão das obras estão assegurados por meio de empréstimo graças contraído pela governadora Roseana Sarney, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Se o governador Flávio Dino quisesse já teria concluído o Centro de Hemodiálise de Chapadinha e o hospital de 50 leitos, que a governadora Roseana Sarney deixou quase pronto. Recursos existem”, afirmou Rocha.

Da Assessoria.


Publicidade



Postar um comentário

Arquivo do blog