STAR Clinic

STAR Clinic

Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

Lojas Super Lar

Lojas Super Lar

Armazém Paraíba

Armazém Paraíba

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Garantia Safra Beneficia 8.489 Agricultores no Maranhão

Municípios da região Baixo Parnaíba foram beneficiados
 
Agricultores familiares dos municípios de Água Doce do Maranhão, Cantanhede, Dom Pedro, Itapecuru-Mirim, Matões do Norte, Pedreiras, Pirapemas, São Benedito do Rio Preto e Tutóia que tiveram perdas em suas lavouras, receberão, este mês, o Garantia Safra 2011/2012. Os 2.430 agricultores podem receber o benefício em agências da Caixa Econômica Federal (CEF) ou em casas lotéricas, junto com a liberação do pagamento do Bolsa Família. O Garantia Safra já beneficiou 8.489 agricultores em 19 municípios do Maranhão com repasse de recursos de R$ 5,7 milhões reais.


Em uma primeira etapa, o Garantia Safra contemplou 6.062 agricultores familiares dos municípios de Anapurus, Belágua, Brejo, Chapadinha, Codó, Duque Bacelar, Mata Roma, Nina Rodrigues, Presidente Vargas e Vargem Grande. O benefício integra um conjunto de programas do Plano Safra. Para a safra 2012/2013, estão previstos recursos que devem superar a casa dos R$ 430 milhões.


Esses recursos são fundamentais para o crescimento econômico e social do Maranhão e a redução das desigualdades regionais e socais. A agricultura, sem dúvida, contribuirá de forma significa para a redução da pobreza extrema no Maranhão”, afirmou o secretário de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho.


Dos recursos que vão ser aplicados no Maranhão, R$ 300 milhões são do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que financia projetos individuais ou coletivos para gerar renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária. O Pronaf possui duas linhas de financiamento: custeio da safra e investimento em máquinas, equipamentos ou infraestrutura de produção e serviços agropecuários ou não agropecuários.


Os agricultores familiares serão também orientados para melhor selecionar as linhas de crédito que desejam ter acesso, assegurando sua inserção nos mercados locais e regionais e ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal, que prevê para o Maranhão recursos de mais de R$ 2 milhões.


No Maranhão, serão investidos ainda mais de R$ 46 milhões em Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). A finalidade é assegurar aos agricultores familiares capacitação em áreas como gestão, produção, beneficiamento e comercialização das atividades e serviços agropecuários e não agropecuários, inclusive, atividades agroextrativistas, florestais e artesanais.


As informações são da Secom do Estado
 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog