STAR Clinic

STAR Clinic

Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

Lojas Super Lar

Lojas Super Lar

Armazém Paraíba

Armazém Paraíba

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

ARAIOSES | Judiciário Realiza 'Semana de Combate à Violência Doméstica'

Imagem relacionada

O Poder Judiciário em Araioses está, em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), está realizando desde a terça-feira (27) diversas atividades alusivas à 'Semana Nacional de Combate à Violência Doméstica'. Na agenda do evento, palestras, conversas com alunos, e ‘dia da beleza’ para as mulheres. Já na segunda-feira (26) o Judiciário de Araioses iniciou os projetos ‘Homem Com H’ e ‘Mulher Empoderada’, também colocados em prática com parceria da APAE. A semana é coordenada pela 2a Vara de Araioses.

LEIA TAMBÉM: Violência Contra a Mulher: O que são as medidas protetivas de urgência? - Clique aqui.

A abertura foi na segunda-feira (26), com a apresentação do projeto ‘Homem Com H’, marcada com a realização de café da manhã, evento restrito às autoridades convidadas. Na terça-feira (27), a magistrada titular da unidade judicial, Jerusa de Castro Duarte, deu entrevista na Rádio Comunitária de Araioses, abordando a temática dos projetos e da importância do combate à violência doméstica e familiar contra a mulher. Para a quarta-feira, dia 28, a agenda apresenta um encontro com alunos de Araioses no Colégio Tudes José Cardoso, na parte da tarde.

Na quinta-feira (29), na parte da manhã, serão realizadas palestras na APAE com a juíza Jerusa de Castro Duarte e profissionais da área multidisciplinar da APAE, desenvolvendo a temática da convivência familiar, com foco na Violência Doméstica. O encerramento ocorre na APAE na sexta-feira, dia 30, com o “Dia da Beleza”, às mulheres na parte da manhã. De acordo com a magistrada, a semana é um evento de grande importância pois aborda a temática do combate à violência doméstica e apresenta dois projetos à comunidade de Araioses.

PROJETOS – O projeto ‘Homem Com H’ é um trabalho em grupo realizado com homens autores de violência doméstica. Acontece periodicamente através de encontros nos quais são praticadas atividades pedagógicas e educativas que visem ao enfrentamento do comportamento machista. “O curso será inserido como modalidade de pena alternativa, bem como medida cautelar substitutiva da prisão”, explica a magistrada.

As reuniões acontecem a cada 15 dias e duram, em média, de 10 a 20 sessões. A minuta do projeto explica que não se trata de um trabalho terapêutico, mas sim, de cunho social, que visa ao combate da cultura da violência do mais forte, tendo como metas a reeducação do agressor, bem como promover a cultura do diálogo e da paz na família.

Já o projeto ‘Mulher Empoderada’ tem a preocupação com a dependência financeira da mulher em relação ao marido. Na prática, o ‘Mulher Empoderada’ objetiva proporcionar à mulher vítima de violência doméstica vagas no mercado de trabalho, principalmente conscientizando os empresários locais a aderirem ao projeto. O encaminhamento para a vaga de emprego será realizado pelos órgãos envolvidos no programa e será criado um banco de mulheres à espera de uma vaga, onde serão capacitadas.

Michael Mesquita
Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão


publicidade


Nenhum comentário:

Arquivo do blog