STAR Clinic

STAR Clinic

Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

Dra. Ticiana Veras

Dra. Ticiana Veras

Landry Móveis

Landry Móveis

Armazém Paraíba

Armazém Paraíba

domingo, 16 de setembro de 2018

CHAPADINHA | Multidão de Fiéis Acompanharam a Procissão de Encerramento do Festejo da Padroeira Nsa. Sra. das Dores

A imagem pode conter: 1 pessoa, flor e planta
Fotos: Valdivan Alves e Alexandre Cunha



Na tarde deste sábado (15), entre fogos de artifício e cânticos, uma multidão de fiéis se aglomerou para participar da procissão de encerramento da festa em louvor de Nossa Senhora da Dores, padroeira do município de Chapadinha.

A imagem pode conter: céu, planta e atividades ao ar livre

Av. Ataliba Vieira de Almeida

Saindo da Igreja Matriz, o cortejo percorreu as principais avenidas e ruas da cidade, uma grande demonstração de fé tomou conta da população.



Milhares de fiéis saíram em procissão, juntamente com o andor de Nossa Senhora.

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Odilene Bastos, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Av. Senador Vitorino Freire - Bairro Terras Duras

Av. Senador Vitorino Freire - Bairro Terras Duras

Todo o percurso foi acompanhado por muita música de louvor à Santa Padroeira.

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

No dia 15 de setembro, celebramos a Virgem Maria, com um dos títulos que ela recebeu pelas 7 dores que sofreu em alguns momentos, como na Paixão de Cristo. Convidamos você a conhecer a história de Nossa Senhora das Dores.


Av. Ataliba Vieira de Almeida

Esta é uma celebração litúrgica, onde os cristãos católicos homenageiam uma das figuras de Nossa Senhora, a Mãe de Cristo: Nossa Senhora das Dores.

Também conhecida por Mater Dolorosa, a devoção a este título da Virgem Maria costuma ser bastante comum nos países de origem ou predomínio do catolicismo, como Itália, Portugal e Brasil.

Av. Ataliba Vieira de Almeida

Comumente, a imagem de Nossa Senhora das Dores é representada com 7 espadas em seu coração, ou somente uma espada que atravessa seu coração, além de um semblante de sofrimento. A dor mais forte que a Virgem Santíssima viveu foi quando esteve aos pés da cruz e recebeu de seu Filho, Jesus Cristo, a missão de tornar-se a Mãe de todos os homens, de todos os fiéis. Nesse momento, Jesus disse para Maria: “Mãe, eis aí o teu filho”. E Jesus disse a João: “Filho, eis aí tua mãe”.

O blog parabeniza aos párocos Pe. Casimiro João, Pe. Joel e todos que organizaram, participaram e doaram seu tempo com trabalho e esforço para que tudo ocorresse bem na maior festa religiosa do nosso município. Esse momento não é apenas um evento cultural, é, mais do que isso, é uma verdadeira declaração de fé do povo chapadinhenses. Nossa cidade fica ainda mais bonita e é uma satisfação acompanhar a alegria dos fiés do município e visitantes.



publicidade


Nenhum comentário:

Arquivo do blog