Star Clinic

Star Clinic

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

sábado, 16 de abril de 2016

Conheça Orientações para Evitar o Desgaste de Documentos


Perder os documentos é sem dúvida uma situação que ninguém deseja passar. Mas, eventualmente, a perda pode ocorrer por descuido, extravio, ou até mesmo por roubo ou furto. Quando isso acontece, alguns transtornos são inevitáveis, como, por exemplo, ter que correr atrás de tirar um novo documento. Para evitar isso, alguns cuidados podem ser adotados para a preservação dos documentos.

O Viva, órgão estadual que presta serviços de emissão de documentos como Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), sempre orienta os cidadãos para que evitem o desgaste da documentação com a adoção de cuidados simples, porém efetivos para a conservação.

O diretor-geral do Viva, Duarte Júnior, orienta o cidadão a ter mais cuidado com a conservação dos documentos, guardar em local seguro e sempre que possível, optar por portar uma cópia ao invés do original.

“O documento é um instrumento de segurança do cidadão, que possibilita o acesso às políticas públicas, garantia de direitos e acesso a serviços diversos. É importante o cuidado com o local onde é guardado e como é portado, sempre buscando evitar que seja danificado, rasurado ou perdido”, orientou o diretor-geral do Viva.

Conservação
Para evitar transtornos e reforçar os cuidados com a conservação dos documentos, o Viva orienta os cidadãos a não saírem de casa com todos os documentos originais, exceto quando for necessário. Opte por portar sempre uma cópia simples ou autenticada. Evite usar materiais oxidantes próximo aos documentos e atenção ao transportá-los. Não dobre os documentos e mantenha sempre as mãos limpas ao manuseá-los.

Algumas medidas já foram adotadas no sentido de tornar os documentos mais duráveis e protegidos de desgaste, como é o caso da Carteira de Trabalho. Na nova carteira, são valorizados os mecanismos contra fraudes. O documento tem capa azul em material sintético mais resistente, é confeccionado em papel de segurança e traz plástico autoadesivo inviolável que protege as informações relacionadas à identificação profissional e à qualificação civil do indivíduo.

A carteira de identidade também passou por mudanças recentes e atualmente é um documento informatizado. A fotografia é tirada na hora, a assinatura é eletrônica, é usada a biometria (identificação por meio da coleta das digitais por meio de scanner) e as informações coletadas passam a constar em uma base de dados estadual. Ela também traz informações importantes como o número do CPF e PIS/PASEP.

Extravio
Os riscos de ter o documento extraviado envolvem atos de estelionato, como abertura de contas em bancos, solicitação de empréstimos, compras de produtos em lojas, solicitação cartão de crédito e outros crimes. O primeiro passo que o cidadão deve fazer em caso de perda, roubo ou furto é Registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.). Em caso de perda, o B.O. pode ser feito no próprio VIVA, no Balcão do Cidadão, antes da solicitação da segunda via do documento extraviado.

Em caso de roubo ou furto, o ideal é registrar a ocorrência imediatamente na delegacia de polícia mais próxima de onde o fato aconteceu. Para saber mais informações sobre o Viva e a localização da unidade mais próxima, acesse o site www.viva.ma.gov.br.



Publicidade



Nenhum comentário:

Arquivo do blog