Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Secretaria Municipal de Saúde, Através do CAPS de Chapadinha, Realiza Consultas no CDP


Por Luiz Carlos Jr. - CN1

A Secretaria Municipal de Saúde de Chapadinha, através do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS II, em parceria com o Centro de Detenção Provisória de Chapadinha – CDP, realizou uma ação para atender os usuários em conflitos com a lei que sofrem de transtornos mentais.

A equipe do CAPS foi recebida pelo diretor Carlos de Assis e pelo diretor Adjunto Sandro Cutrim.

Foram realizados diversos atendimentos, entre eles: verificação de pressão arterial, consulta com Psiquiatra, atendimento psicológico, entre outros.

Técnico de Enfermagem Osarias, verificando a 
pressão arterial antes do atendimento inicial

Psicólogo (Fábio Calado) – Realizando atendimento Psicológico

A ação teve mais de 30 atendimentos, alguns internos já eram pacientes do CAPS II, outros foram atendidos pela primeira vez.

Foi a primeira vez que uma equipe de Saúde Mental realiza esse tipo de ação no CDP. Toda a ação foi avaliada como positiva pelos profissionais do CDP. As ações no Centro Prisional serão frequentes devido ao grande número de detentos que necessitam de atendimento e a dificuldade de deslocamento dos mesmos até o CAPS II de Chapadinha para consulta.

Nesta foto (da esquerda para direita): Carlos de Assis (Diretor do CDP), Fábio Calado (Psicólogo do CAPS II), Feitosa (Administrativo do CDP), Dr º José Calado Neto (Psiquiatra do CAPS II), Priscilla Macêdo (Assistente Social do CAPS II), Veridiana Pacheco (Coordenadora do CAPS II), Sandro Cutrim (Diretor Adjunto do CDP) e Osarias (Técnico de Enfermagem do CAPS II)

Criado em 2009, o Centro de Detenção Provisória, passou por uma reforma completa em 2012. O CDP possui capacidade para 112 internos e atualmente possui 172. Segundo o diretor Carlos de Assis, o CDP/Chapadinha conta uma das melhores estruturas do Maranhão.


Publicidade



Nenhum comentário:

Arquivo do blog