Dra. Maryane Veras

Dra. Maryane Veras

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

INTERNET DE QUALIDADE É COM A...

Armazem Paraíba

Armazem Paraíba

sexta-feira, 2 de março de 2012

Programa Capacitar vai ser estendido a Chapadinha

CHAPADINHA - A região de Chapadinha vai receber uma versão do Programa Capacitar, nos moldes do que foi implantado em Imperatriz e região, voltado para qualificação de trabalhadores na área de construção civil e montagem industrial.

A decisão foi tomada durante reunião realizada na quarta-feira (29), da qual participaram o secretário de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy; a prefeita de Chapadinha, Danúbia Carneiro; o superintendente de Ações Móveis do Senai-MA, Germano Soeiro; secretários municipais e ainda representantes da empresa Suzano, grupo que está implantando uma unidade fabril para produção de biomassa na região.

O Capacitar integra as ações do Maranhão Profissional, programa de gestão de vagas de qualificação profissional desenvolvido pelo Governo do Estado em parceria com a iniciativa privada, com a sociedade civil organizada e com o Sistema S.

Os primeiros cursos a serem oferecidos serão para formação profissional de armador, carpinteiro, pedreiro, instalador hidráulico, pintor e montador, na área de construção civil; e formação profissional de mecânico, eletricista industrial, eletricista montador, caldeireiro, encanador, instrumentista e eletricista de força e controle, na área de montagem industrial.

A previsão é de que os cursos tenham início em abril deste ano e serão coordenados pelo Senai, com apoio logístico dos parceiros do programa e encaminhamento para o mercado por meio da agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Chapadinha. Cerca de 1.050 vagas serão disponibilizadas em 2011, com provável extensão aos municípios de Urbano Santos e São Benedito do Rio Preto. As cidades de Anapurus e Mata Roma também deverão ser incluídas no programa.

De acordo com Antônio Heluy, a parceria com o Sine vai possibilitar o encaminhamento, o máximo possível de trabalhadores qualificados, já que eles ficarão disponíveis no banco de dados do serviço, após a conclusão dos cursos. “Grande parte dessa mão de obra qualificada poderá ser empregada na fábrica da Suzano e os que garantirem a qualificação estarão disponíveis para o Brasil inteiro, por meio do nosso sistema”, resumiu o secretário.

Para 2012, o planejamento do programa inclui capacitação profissional para formação de trabalhadores na área de serviços e ainda no manejo florestal e operação industrial, com mais 900 vagas a serem disponibilizadas.

Fábrica

A unidade fabril do Grupo Suzano que está sendo implantada em Chapadinha será para produção industrial de pellet, um produto composto de biomassa de eucalipto, apropriado para abastecer usinas termelétricas, em substituição ao carvão mineral. A fábrica vai produzir exclusivamente para exportação e será uma das pioneiras do setor no Brasil.

O investimento total do projeto é U$ 1,2 bilhão, com previsão de criação de até 2.500 empregos diretos durante a obra – e mais de 10 mil empregos indiretos – com previsão de início de operação para 2014, quando deverá empregar até mil trabalhadores.

As informações são da Secom do Governo do Estado.
Extraído do Portal iMirante

Nenhum comentário:

Arquivo do blog