Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

FACSU - Faculdade Sucesso

FACSU - Faculdade Sucesso
Polo Chapadinha/MA

quinta-feira, 24 de maio de 2012

TUTÓIA: Programa Brasil Sem Miséria Será Implantado no Município

Empresa contratada pelo MDA –Ministério do Desenvolvimento Agrário - realizou palestra para implantar o Programa Brasil Sem Miséria em Tutóia (município distante 206 km de Chapadinha). O encontro realizado no dia 14 de abril último, consiste na apresentação do projeto e contou com a presença de algumas entidades do município como STTR –Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores Rurais, SINTRAF –Sindicato da Agricultura Familiar, entre outras, além da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca e lideranças locais.


O encontro foi coordenado por Loroana Santana (foto), agrônoma da empresa CEDET – Centro de Desenvolvimento Tecnológico- responsável por implantar o programa federal Brasil Sem Miséria em Tutóia contemplando 160 famílias e mais seis municípios no Maranhão: São Bernardo, Santana do Maranhão e Araioses com 80 famílias; Anapurus, 160 famílias; Brejo e Buriti com 240 famílias, totalizando em 1.040 famílias.
 
 
A meta do projeto é levar ajuda direta ao trabalhador rural com auxilio técnico especializado, fomento de R$ 2.400,00 e oferta de sementes. Além disso, serão realizados diagnósticos da Unidade de Produção, encontros presenciais, elaboração e acompanhamento individualizado do Projeto de Estruturação Produtiva Social Familiar.
 
 
Com esse projeto o governo federal quer incluir a população mais pobre nas oportunidades geradas pela agricultura familiar.
 
 
Segundo a coordenadora Loroana, o fomento cairá nas contas do bolsa família dos beneficiados em 3 parcelas num período de 14 meses que deverá ser o mesmo de implantação e acompanhamento por dois técnicos da empresa. E que a produção [da agricultura ou da pecuária] deve ser absorvida pela população urbana do município, para isso a CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas e Secretaria Municipal de Agricultura foram convidadas para serem parceiros no projeto.
 
 
O dinheiro do fomento será investido em sementes ou matrizes [no caso de criação de galinhas, por exemplo] e a terra é a que o produtor já utiliza.
 
 
Mais de 20 povoados devem ser contemplados em Tutóia. Mas, segundo Floriano, presidente do STTR, o número poderia ser maior levando em consideração, que de acorde com ele, 70% da população de tutoiense reside e trabalha na zona rural do município e grande parte vive abaixo da linha da pobreza. Pois, “o governo atual, desenvolveu muito pouco a agricultura de Tutóia” ressaltado no discurso do Secretário Municipal de Agricultura Nicolau Silva.


Extraído do Blog Territórios Livres do Baixo Parnaíba

Nenhum comentário:

Arquivo do blog