Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

terça-feira, 23 de março de 2010

Discussão termina em morte no bairro Areal

Imagem meramente ilustrativa
Cristiano Matos de Sousa Gomes, 21 anos, popularmente conhecido como "Pezão", foi assassinado na tarde do último domingo (21), no bairro Areal. Pezão foi morto com uma facada a altura de seu peito, após uma discussão com um morador da rua do Pau Torto, próximo a vila nota 10.

Segundo relato de uma das testemunhas, Cristiano após proferir ameaça a um morador que comemorava com amigos o batizado de um de seus filhos, tentou esfaquear o proprietário da casa que teve sua identidade preservada. Ao perceber a possível agressão o menor de iniciais F.C., 16 anos, acompanhado de Vicente de Jesus Filho, 24, vulgo "Caçula", partiram em defesa do conhecido.

F.C., que também atende pelo nome de "Catita" atirou uma pedra que acertou o abdômen de Pezão que perdeu o equilíbrio e caiu ao chão. Foi nesse momento que o segundo envolvido Vicente de Jesus, o Caçula deferiu um golpe profundo na vítima com uma faca até agora não encontrada pela Polícia Civil.

Após a agressão os dois envolvidos saíram tranquilamente do local, sendo que Caçula foi capturado ainda na noite do acontecido.

O menor F.C. foi encontrado após diligência de agentes civis na manhã desta segunda-feira (22) e compareceu a D.R. acompanhado de sua mãe.

O delegado responsável pelo caso, Jairom Timbó, informou que a polícia ainda não identificou o real motivo da discussão que culminou na morte de Cristiano Matos de Sousa e que várias pessoas serão ouvidas para elucidação do crime.

Pezão foi levado para capital São Luís em estado grave mais não resistiu aos ferimentos vindo a falecer no hospital Socorrão I.
Brenda Gomes - Site Local Notícias

Nenhum comentário:

Arquivo do blog