Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

FACSU - Faculdade Sucesso

FACSU - Faculdade Sucesso
Polo Chapadinha/MA

terça-feira, 28 de abril de 2020

CHAPADINHA | Cidadão Sugere Precauções Junto as Autoridades para Evitar Aglomerações


Chapadinha (MA) - Terça-Feira, 28.Abril.2020

Em contexto com a pandemia que assola o Mundo nesse momento, segue abaixo a sugestão do advogado chapadinhense Dr. Luciano Lira, direcionada às autoridades competentes, para que haja uma disciplina em relação às aglomerações que se formam frente a agência da Caixa Econômica Federal e casas lotéricas, em Chapadinha. Vejamos:

"MINHA SUGESTÃO
Os números de casos de covid-19 em CHAPADINHA estão crescendo. Mesmo torcendo para não aumentar é esperado que esse crescimento vá se intensificar nos próximos dias. Quero muito estar errado.
No entanto é preciso se antecipar aos fatos. Vejo a situação na agência da Caixa Econômica Federal (CEF) e nas loterias como muito preocupantes.​ O governo federal ajuda com o auxílio emergencial por um lado mas o resultado para receber não está bom, por outro. Não existe a receita perfeita. Bom seria não estarmos passando por isso.
Vejam que a reunião de AGLOMERAÇÃO + SOL + CHUVA são realmente ingredientes que potencializam a disseminação de qualquer agente contaminante. Não só​ o tal vírus​ do momento. As pessoas precisam do dinheiro e infelizmente pedir que superem os riscos.... Não podemos julgar o povo pois da necessidade de cada um só ele sabe.
Diante disso, com humildade sugiro ao Prefeito Dr Magno Bacelar e aos que estão na gestão da crise que, mediante reunião com a CEF, e também com os donos de loterias pra buscar uma saída. Multar por multar talvez não traga solução.
Sei que todos estão muito empenhados.
Mas quero sugerir, humildemente o que segue. Posso estar errado pois não disponho de maiores informações mas segue o que penso como uma forma ajudar no distanciamento.
Imagino que o atendimento diário gire em torno de 1000 pessoas por dia, em cada agente de pagamento do auxilio.
1) Que seja estabelecido um sistema de distribuição de senhas diárias e com horários de atendimento com grupos de 150 (ou mais) pessoas por cada hora. Das 8h as 18h . Nesse exemplo, ao longo de 10 (dez) horas seriam 1500 pessoas. Se se puder aumentar pra 200/250 senhas ja se passa pra 2000/2500 pessoas. Não tenho dados concretos por isso posso estar errado;
2) Que o ente público providencie a locação/compra e instalação de TENDAS pra proteger um pouco mais das intempéries. Chuva ou sol, calor, humidade e aglomeração são fatores que tendem atacar nossa saúde. E seria prudente até o fechamento da Avenida Senador Vitorino Freire, em frente a CEF para melhor distanciamento daqueles que ainda assim vão querer ficar por perto. Contudo deve se orientar o respeito ao horários de sua senha pra proteção de pessoal e das demais e dos locais marcados no chão;
3) Fazer *marcações* no chão para delimitar o *distanciamento* entre as pessoas no espaço disponível e ocupado, como forma de dar efetividade e controle ao distancimento necessário;
4) Fornecer cadeiras plásticas (há pessoas sentadas no chão, nas calçadas.) no que poderia fazer parcerias com os entes privados para doação (até com as tendas​ também);
5) Voltando as senhas, o grupo de pessoas que recebeu senhas para ir no horário de 10h a 11h, por exemplo, não precisaria ficar aglomerada desde as 8h, na espera. O mesmo com os que receberem senhas pra tarde não necessitariam ficar a manhã toda na aglomeração. Será ordenado pelas senhas com o horário.
Com o controle do fluxo durante o dia penso que a noite não teria grande aglomeração.
Essa situação que vivemos hoje, na melhor das hipóteses se estenderá até o mês de junho (pagamento de auxílio).
Se agirmos agora estaremos protegendo todos pelos próximos meses. Não sabemos a duração disso tudo.
DEUS sabe todas as coisas e pode dar um rumo inesperado pra isso. Assim peço e espero,
Espero ter contribuído."


Luciano de Carvalho Pereira


Abaixo, confira uma matéria relacionada:


Prefeitura instala tendas com cadeiras e população aguarda atendimento na sombra em lotérica de Lagoa do Barro do Piauí (CLIQUE AQUI).



Publicidade



Nenhum comentário:

Arquivo do blog