Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Promotoria de Justiça de Chapadinha e de Outros Dez Municípios Recebem Veículos da AMPEM

 
Associação do Ministério Público do Maranhão (Ampem) entregou, na manhã da última sexta-feira, dia 31, nove veículos, tipo picape, para as Comarcas de São José de Ribamar, Chapadinha, Caxias, Pinheiro, Santa Inês, Bacabal, Balsas, Presidente Dutra e Barreirinhas. Outros dois veículos já tinham sido entregues para as Comarcas de Imperatriz e Timon.


A doação é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado, em fevereiro de 2012, pela Ambev com o Ministério Público do Maranhão (MPMA). Uma das cláusulas do acordo previa a doação da quantia de R$ 600 mil - convertida em veículos - pela Ambev à Ampem. O TAC foi assinado em razão de diversas irregularidades constatadas no setor de produção da indústria de bebidas.


Ao todo, foram nove veículos do modelo Ranger (Ford) e dois do modelo S-10 (Chevrolet). Os automóveis foram destinados a Promotorias de Justiça do interior do estado. Todas as picapes possuem cabine dupla e ar condicionado.

 
 
A solenidade de entrega ocorreu na sede da associação, localizada no Calhau. Estiveram presentes a procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha; a promotora de justiça de Defesa do Consumidor, Lítia Teresa Costa Cavalcanti; o presidente da Ampem, José Augusto Cutrim Gomes; o diretor-geral da Procuradoria Geral de Justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho; o diretor da Ampem, Gervásio da Silva Ribeiro Filho; e os promotores de justiça Doracy Moreira Reis Santos e Hagamenon de Jesus Azevedo.


Além deles, compareceram à Ampem para receber as chaves dos veículos os promotores de justiça José Márcio Maia Alves (Barreirinhas), Ruy Antonio Vieira de Carvalho (Pinheiro), Rosalvo Bezerra de Lima Filho (Presidente Dutra), Ilma Paiva Pereira (Presidente Dutra), Carlos Rafael Fernandes Bulhão (Balsas), Carla Mendes Pereira (Caxias), Antonio Lisboa de Castro Viana Junior (Balsas), Gustavo Antonio Chaves Dias (Chapadinha), Henrique Helder de Lima Pinho (Bacabal) e Cláudio José Sodré (Ribamar).


"Este é o resultado de um trabalho desenvolvido pelo Ministério Público, que vai beneficiar as Promotorias de Justiça do interior com atribuição na área do consumidor. Por este TAC, a Ambev teve que investir R$ 141 milhões para adequar a fábrica e compensar os danos ao consumidor", ressaltou a promotora de justiça Lítia Cavalcanti.


Redação/Fotografia: Eduardo Júlio (CCOM - MPMA)
*Resumido

 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog