Chapadinha Gás

Chapadinha Gás

Gráfica Editora Escolar

Gráfica Editora Escolar

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Prefeito de Buriti é cassado por compra de votos

A juíza Karine Lopes de Castro (25ª Zona Eleitoral) cassou o prefeito e vice-prefeito de Buriti, Francisco Evandro de Freitas Costa Mourão, o Nenem Mourão (PRB), e Lourival Batista da Silva (DEM), respectivamente, por compra de votos. Ela determinou ainda a realização de novas eleições na cidade em data ser definida pelo TRE. O republicano foi multado em 10 mil Ufirs e o democrata em mil.

Com receio de tumulto e quebra-quebra no município, já que o prefeito é aliado do deputado Domingos Dutra (PT), a juíza só divulgou a sentença após a chegada de reforço policial à cidade.

Nenem Mourão (foto/TSE) é acusado de doar dinheiro, pares de chuteiras, cestas básicas e um milheiro de telhas a moradores de Buriti em troca de votos. O material era transportado em veículos da própria prefeitura. Como ele obteve 55,54% dos votos, deverá ser realizada nova eleição.

O ex-prefeito José Machado Vilar (PTB) ficou em segundo com 24,82% da votação no pleito de 2008, vindo em seguida Antonio Ferreira Viana (PDT) com 15,23%, e José Marques Viana (PPS) com 4,31%.
Como estou careca de assistir em decisões deste tipo, vai acontecer o seguinte: algum juiz do TRE, como de costume, concede liminar para o prefeito permanecer o cargo até o julgamento do processo pela Corte, o que só deve acontecer no próximo ano.
É esperar e conferir.
Imirante.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog